Colunista
PEDIDO de vistas do líder da bancada de oposição, deputado Tadeu Veneri (PT), adiou a votação de parecer da CCJ para o projeto que prevê a prorrogação dos mandatos dos atuais diretores de escolas públicas estaduais. Veneri lembrou que se houver a prorrogação, o fim do mandato desses diretores vai ocorrer no ano que vem, quando acontecem eleições municipais. Vice-líder do governo, o deputado Tiago Amaral (PSB) argumentou que a eleição dos novos diretores deve ocorrer nos meses de novembro e dezembro, após as eleições de prefeitos e vereadores. A APP-Sindicato, que representa professores e funcionários das escolas, é contra a proposta. “Entendemos que esta é uma quebra da segurança jurídica porque mexe na lei que está em andamento e, mais grave ainda, sem realizar um amplo debate”, disse o presidente da entidade, Hermes de Leão.
PEDIDO de vistas do deputado Delegado Jacovós (PL) adiou de terça (29) a votação pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do projeto da Mesa Executiva da Casa que estabelece novas regras para o uso da verba de ressarcimento para gastos dos parlamentares. A proposta prevê entre outras mudanças o pagamento de diárias para viagens dos deputados e o reajuste automático e anual do valor máximo da verba, hoje de R$ 31.470,00 mensais por parlamentar, deve voltar à pauta da CCJ na próxima segunda-feira. 
ENQUANTO 19% dos brasileiros consomem algum item orgânico, a Região Sul se consolida na liderança nacional com 23% dos consumidores desse segmento, como mostra a pesquisa da Organis – Associação de Promoção dos Orgânicos. Os hortifrutis se mantêm na liderança de consumo no setor orgânicos (35%). 
 
ÍNDICE de Confiança da Indústria medido pela Fundação Getúlio Vargas caiu um ponto na passagem de setembro para outubro. Com o recuo, o indicador caiu para 94,6 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, o menor valor desde outubro de 2018 (94,2 pontos). O índice de situação atual também recuou para 95,4 pontos.
MINISTRO do STF, Celso de Mello, disse em nota que “o atrevimento presidencial parece não encontrar limites”, ao comentar vídeo divulgado na segunda-feira. “É imperioso que o senhor Presidente da República – que não é um ‘monarca presidencial’, como se o nosso País absurdamente fosse uma selva na qual o leão imperasse com poderes absolutos e ilimitados – saiba que, em uma sociedade civilizada e de perfil democrático, jamais haverá cidadãos livres sem um Poder Judiciário independente”, disse.
GRUPO de funcionários do Facebook publicou uma carta na qual pede limites para anúncios políticos na plataforma – a demanda caminha de maneira oposta à visão de Mark Zuckerberg, presidente executivo da empresa. Além disso, nas últimas semanas o Facebook tem sido criticado por permitir que candidatos à presidência dos Estados Unidos façam anúncios contendo mentiras – algo que foi realizado por nomes de ambos os partidos políticos americanos.
SENADOR  Oriovisto Guimarães (Pode-PR) avalia a situação econômica do país como preocupante, apesar da previsão do governo de uma economia com inflação estável e com juros relativamente baixos para os próximos anos. “Quase a totalidade do que se arrecada hoje com impostos está comprometida com o serviço público e com a Previdência”, disse Oriovisto a um grupo de empresários, economistas e estudantes, durante palestra em Curitiba.
AGRICULTURA familiar emprega mais de 10 milhões de pessoas, o que representa 67% do total de pessoas ocupadas na agropecuária em 30 de setembro do ano passado, de acordo com dados do Censo Agropecuário de 2017, divulgados na última sexta-feira (25) pelo IBGE. O levantamento foi feito em mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários de todo o país e destaca, dentre outras, informações sobre agricultura familiar, mecanização, pessoas ocupadas e acesso à internet. O primeiro Censo Agropecuário foi publicado em 2006. No Censo Agro 2017 o IBGE investigou pela primeira vez a cor ou raça dos produtores rurais: 52,8% deles eram pretos ou pardos e 45,4% eram brancos, numa distribuição semelhante à da população do país, segundo a PNAD Contínua.
DESENVOLVIDA pelo Instituto Pró-Livro a 4ª Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil apontou os principais interesses dos brasileiros no universo dos livros. Entre as motivações estão: o gosto pela leitura (25%), atualização cultural (19%), distração (15%), motivos religiosos (11%), crescimento pessoal (10%), exigência escolar (7%) e atualização profissional ou exigência do trabalho (7%). O hábito de ler, que traz diversos benefícios, como o estímulo à atividade cerebral e à criatividade, incitação ao senso crítico e redução do estresse, além de ser uma ótima fonte de conhecimento, pode ser adquirido em qualquer fase da vida, sendo o quanto antes melhor, diz a Agência Educa Mais Brasil. 
IAP – Instituto Ambiental do Paraná anuncia o período de restrição à pesca de espécies nativas no Paraná a partir desta sexta-feira (1º) e segue até março de 2020. Todas as espécies nativas do Estado são protegidas, como bagre, dourado, jaú, pintado e lambari. É durante esse período, conhecido como piracema, que a maioria delas se reproduz.
PAÍS da balbúrdia política: Brasil tem 33 partidos legalizados e outros 74 esperando registro no Tribunal Superior Eleitoral. Todos de olho no tal Fundo Partidário. 
GOVERNO deve enviar a primeira parte do projeto de reforma tributária para o Congresso nos dias 9 ou 10 de novembro. Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, nessa primeira etapa será tratada a simplificação do PIS/Cofins. “O governo deve mandar provavelmente dia 9 ou 10 de novembro um projeto que vai mostrar com o que é que o governo pretende inicialmente se debruçar em relação à questão tributária. O que está acertado hoje é o PIS/Cofins, a consolidação e a simplificação desses dois impostos que são importantes para o país”, disse ele. Marinho disse que os cálculos feitos pelo governo, que consideram a economia em 10 anos com a aprovação da reforma da Previdência, são certificados por organismos internacionais e convalidados pelos principais países do mundo. 
COM isso, o secretário contestou a informação dada pela Instituição Fiscal Independente (IFI) de que a economia com a reforma em 10 anos seria da casa de R$ 630 bilhões, valor menor do que os cálculos do governo, de R$ 800 bilhões. Ele reiterou os números dados pelo governo e disse que os microdados do governo que serviram de base para o cálculo são abertos e que a metodologia é certificada. 
FRASE: A coisa mais estranha é sem dúvida a mobilidade dessa memória onde os detalhes não são nunca o que são: nem objetos, pois escapam como tais; nem fragmentos, pois oferecem também o conjunto que esquecem; nem totalidades, pois não se bastam; nem estáveis, pois cada lembrança os altera. (MICHEL DE CERTEAU)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.