Colunista
PESQUISA da XP Investimentos divulgada nesta sexta-feira (5), mostra que o presidente Bolsonaro enfrenta uma perda em sua taxa de aprovação. Em janeiro e fevereiro ele era aprovado por 40% dos que responderam à pesquisa da XP. Depois, em março, caiu para 37% e agora está em 35%.
SOBRE a reprovação o índice aumentou de 17% em fevereiro para 24% em março. Em abril atingiu 26%. O número dos que consideram o governo regular, 32%, se manteve entre março e abril. Em todos os casos, a oscilação foi dentro da margem de erro, que é de 3,2%. Foram ouvidas mil pessoas entre os dias 1º e 3 de abril.
GAECO – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – cumpriu seis mandados de busca e apreensão contra um grupo investigado de autorizar licitações ambientais irregulares. De acordo com o Ministério Público do Paraná, os alvos dessa operação foram ex-diretor presidente do IAP, Tarcísio Mossato Pinto, uma ex-diretora e um servidor que ocupa o cargo de agente de execução do Escritório Regional de Paranaguá. 
MANDADOS foram cumpridos em escritórios do IAP em Paranaguá, no litoral do estado, e em Curitiba, e também em casas de alvos da operação localizadas na capital paranaense, em São José dos Pinhais, Morretes e Jacarezinho. A promotora Priscila da Mata Cavalcante explica que os investigados cometeram ilegalidades no processo de licenciamento ambiental de uma empresa portuária do município. Outras etapas serão realizadas em outras cidades do interior, rumo ao Noroeste do Estado.
MANIFESTAÇÕES de grupos opostos, mas com foco na Operação Lava Jato, devem ser realizadas neste domingo (7) em Curitiba e em diversas outras cidades do País. A data marca o período de um ano da prisão do ex-presidente Lula. Com isso, movimentos populares e organizações políticas devem integrar a chamada Jornada Internacional Lula Livre. Neste caso, embora o ato deva ocorrer em outras cidades do Brasil e do mundo, Curitiba é o ponto central. O ex-presidente está detido na sede da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida onde deve ocorrer a principal manifestação em apoio ao petista.
PRESIDENTE da APP-Sindicato, prof. Hermes Leão, confirmou paralisação dos professores da rede estadual no dia 29 de abril.  “Não aceitamos retrocesso. Dia 29 de abril faremos paralisação estadual em Curitiba para cobrar do governo as pautas da nossa Campanha Salarial, inclusive o pagamento da data-base”, disse Hermes. A data marca os quatro anos do massacre do Centro Cívico, quando professores e funcionários de escolas foram agredidos por policiais militares quando protestavam contra proposta que previa a modificação da Previdência Social da categoria e colocava em risco a aposentadoria dos educadores. Segundo o presidente da APP-Sindicato, o secretário da Educação, Renato Feder, falou em uma entrevista que pretende incluir no processo de contratação dos PSS uma prova classificatória. “A melhor prova que a governo pode produzir para PSS é um concurso público que valorize a nossa carreira e profissionalize esses trabalhadores tão precarizados”, reagiu Hermes.
DEPOIS de receber líderes do PRB, PSD, PSDB, DEM, PP e MDB
“quase individualmente” na manhã de quinta-feira (4) para falar sobre a reforma da Previdência, o presidente Bolsonaro disse que não houve promessa de cargos. “Quem ontem falou que haveria questões envolvendo cargos, caiu do cavalo”, afirmou. Disse também que o Congresso vai aprovar as mudanças da aposentadoria. “O Parlamento vai fazer sua parte não só na reforma da Previdência, como em todas as nossas reformas”, disse. Cada partido informou que manterá a independência de seus parlamentares, pois cada item será analisado individualmente. O único partido fechado totalmente com as propostas é o partido do presidente, o PSL. 
DAS 1.124 entidades municipais obrigadas a entregar a Prestação de Contas Anual de 2018 ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná até a última segunda-feira (1º de abril), 1.114 (99,11%) cumpriram o prazo. Das dez entidades que faltaram, cinco enviaram a PCA eletrônica com um dia de atraso, nesta terça (2), restando apenas três câmaras – uma delas tentou enviar os documentos no prazo, mas não conseguiu devido a problemas técnicos – e duas autarquias municipais. No grupo das entidades obrigadas a enviar a PCA 2018 até 1º de abril estão as prefeituras, câmaras municipais, fundos, fundações de direito público e regimes próprios de previdência social. No caso dos consórcios, empresas públicas, sociedades de economia mista e fundações públicas de direito privado, o prazo termina no dia 30 de abril.
NOS maiores municípios em número de eleitores as eleições municipais do ano que vem já estão começando a fervilhar. Em Curitiba, por exemplo, nada menos que 10 candidatos a prefeito já são identificados, mesmo faltando mais de um ano. A proposta de emenda à Constituição do Senado que acabou com a possibilidade de coligações proporcionais tornou menos atraente a formação de alianças nas campanhas majoritárias e antecipou a corrida dos partidos em busca de nomes para disputar o Executivo.
NA semana que vem o presidente Bolsonaro deverá anunciar o 13º salário para as famílias que recebem o Bolsa Família. Foi uma promessa feita durante a campanha. Segundo ele, o dinheiro virá do combate à fraude no programa.
MAIS um município paranaense terá eleição para prefeito e vice neste domingo (7). Por maioria de votos o TSE manteve, na sessão desta quinta-feira (4), a eleição suplementar em Serranópolis do Iguaçu. A Corte tomou a decisão ao negar recurso do prefeito Luiz Carlos Ferri (MDB), de seu vice Diogo Achtenberg e do vereador Vinícius Fracaro, que tiveram os diplomas cassados por compra de votos na campanha de 2016.
DO ex-presidente Lula ao jornalista Juca Kfouri, que o visitou quinta (4) na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba: “Prefiro ser um preso digno do que ser um solto rato”. Segundo Kfouri, Lula resiste à ideia de prisão domiciliar. O jornalista revelou que se impressionou com a disposição do petista: “Não dá para encontrar Lula e não sair otimista. Só fala em projetos para o Brasil, em quando ele sair daqui, naquilo que o PT precisa fazer”, afirmou.
MINISTRO da Educação, Ricardo Vélez, não compareceu em evento quinta-feira (4) com secretários estaduais e municipais de educação para o anúncio da liberação de R$ 30 milhões aos programas de implementação da Base Nacional Comum Curricular. O novo secretário executivo, brigadeiro Ricardo Machado Vieira, comandou a solenidade. O fato tem provocado boatos sobre uma possível saída do colombiano Vélez do cargo.
NESTA sexta em um café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto o  presidente Jair Bolsonaro indicou que o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, pode deixar o cargo na segunda-feira (8). “Segunda-feira vai ser o dia do “fico ou não fico”. Bolsonaro também declarou à imprensa que “está bastante claro que não está dando certo” o trabalho de Vélez no Ministério da Educação. Segundo ele, “está falhando na gestão” da pasta.
EM São Paulo Vélez Rodríguez disse no fórum empresarial Lide, em Campos do Jordão, que não vai entregar o cargo. A declaração foi feita após ser informado da fala de Bolsonaro. 
FRASE: A vida é muito curta para ser pequena (Mário Sérgio Cortella)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.