Cotidiano
Três adolescentes mascarados e portando um machado invadiram um colégio na cidade de Imbaú, na região dos Campos Gerais do Paraná, na noite de quarta-feira (3). Segundo a Polícia Militar (PM), eles desligaram um disjuntor, deixando a instituição sem luz, antes de entrar pulando um muro. 
No local, danificaram carteiras, portas e o quadro negro de ao menos uma sala de aula. Ninguém ficou ferido.
O caso ocorreu por volta das 20 horas no Colégio Estadual Professora Maria das Graças Cavalcante di Mario, no bairro São Cristóvão, durante horário de aula. Segundo o tenente da PM Victor Manoel Freiberger Couto, os três adolescentes teriam por volta de 16 anos e seriam alunos da instituição.
Houve correria e uma ambulância chegou a ser deslocada para a escola para atender pessoas que teriam passado mal.
A PM foi acionada pela diretoria do colégio. Os adolescentes fugiram antes da chegada dos policiais, mas foram localizados no bairro Imbauzinho, a poucos quilômetros do local. 
Ainda de acordo com o policial Freiberger, eles teriam sido reconhecidos por colegas. Apreendidos, foram encaminhados à 18ª Subdivisão Policial, em Telêmaco Borba, também nos Campos Gerais. A reportagem da Gazeta do Povo não conseguiu contato com o delegado responsável pelo caso.
O diretor do colégio, Sidnei Mendes, estava reunido com a chefe do Núcleo Regional de Educação de Telêmaco Borba, Sueli Aparecida Martins, na manhã desta quinta-feira (4). Segundo informações do Núcleo, as aulas não chegaram a ser suspensas no colégio e ocorriam normalmente. (por Célio Yano, da Gazeta do Povo)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.