Cotidiano

CAMILA MATTOSO
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O ex-candidato do PSOL a prefeito de São Paulo Guilherme Boulos gravou um vídeo em que convoca manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro para o dia 29 de maio.
Segundo o psolista, o Brasil não aguenta sangrar até 2022 e, enquanto o país registra mais de 400 mil mortes e milhões de desempregados, a prioridade do governo é vender a Eletrobras e os Correios.
“É difícil convocar mobilizações de rua num contexto de pandemia, mas hoje não temos outra alternativa. O governo mata mais que o vírus”, diz ele no vídeo.
Boulos afirma que as manifestações são organizadas pela Frente Povo Sem Medo, Frente Brasil Popular e movimentos sociais de todo Brasil.
É o primeiro ato presencial convocado pelos grupos desde o início da pandemia.
“Quem for, use máscara PFF2, garanta o distanciamento e vamos com muita disposição de arrancar esse genocida do poder”, diz Boulos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.