Cotidiano
CURITIBA – O chefe de gabinete da Prefeitura de Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba, foi preso em flagrante no início da noite de segunda-feira, 29. A prisão foi efetuada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, a partir da confirmação de denúncia apresentada por empresário que mantém diversos contratos com o Município.
De acordo com a apuração, o agente público, que é funcionário de carreira municipal, vinha constrangendo o empresário pedindo-lhe quantias em dinheiro em diversas oportunidades.
A prisão foi efetuada no pátio de uma empresa de materiais de construção em Pinhais, no momento em que o investigado recebia R$ 2,5 mil do empresário. Ao ser surpreendido pela equipe do Gaeco, o chefe de gabinete alegou que o valor era de sua mãe.
Também no âmbito da investigação, o MPPR cumpriu, na manhã desta terça-feira, 30 de abril, dois mandados de busca e apreensão em Piraquara (um no gabinete do funcionário na Prefeitura de Piraquara e outro em sua residência).

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.