Cotidiano
CURITIBA – A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) se reuniu ontem para discutir o roubo a caminhoneiros em Paranaguá, no Litoral do Estado. 
Recentemente, as queixas frequentes de roubos e furtos a motoristas têm gerado debates. No encontro, os membros discutiram os principais pontos do problema e quais as possíveis soluções.
De acordo com o presidente do grupo de trabalho, deputado Coronel Lee (PSL), a comissão vai agir em três pontos, integrando todos os agentes envolvidos no problema. “Primeiro vamos encaminhar documentos e pedidos de informação para a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), para a prefeitura de Paranaguá, além de outros órgãos envolvidos”, disse.
“Também vamos elaborar projetos de lei, como o que obriga os caminhoneiros a utilizar dispositivos que dificultem o vazamento de cargas. Por fim, as Polícias Militar e Civil vão realizar operações pontuais para coibir a ação dos criminosos. Vamos trabalhar em várias frentes simultâneas”, explicou Coronel Lee.
O secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, general Luiz Felipe Carbonell, explicou que a Secretaria de Segurança está trabalhando para buscar soluções eficazes para o problema. “Atuamos para atender aos anseios e demandas população”, disse. O Comandante-geral da PM concordou. “O trabalho está sendo feito. A região não está abandonada”, afirmou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.