Cotidiano

A Cooperativa de Seleção de Materiais Recicláveis e Prestação de Serviços de Paranavaí (Coopervaí) foi contemplada com uma miniestação de energia fotovoltaica. São 76 placas de captação de energia solar, com 330 watts de potência, e dois inversores. O novo equipamento garantirá economia de 85% no consumo de energia: uma conta de R$ 2.100, por exemplo, terá o valor reduzido para R$ 315. Começou a funcionar na semana passada.

Gerente da Coopervaí, Vera Marcia Teixeira de Lima explicou que a rede elétrica do barracão onde os cooperados operam estava defasada. Por isso, seria necessário aumentar o padrão de energia antes de fazer a aquisição de equipamentos para melhorar a produção diária, por exemplo, prensa e esteira. Com a mudança no sistema e a economia, será possível investir em novas tecnologias.

Vera Marcia Teixeira de Lima destacou a importância ambiental do novo sistema de energia
Fotos: Ivan Fuquini

O resultado será o crescimento no rendimento da Coopervaí, beneficiando os 40 trabalhadores cooperados. “É uma grande conquista para todos. Além de reduzir os custos, vamos conseguir agregar valor ao produto, utilizando energia limpa e renovável”, destacou Vera Marcia.

Ela avaliou que a implantação da miniestação de energia solar vem ao encontro da proposta da Coopervaí, que é reduzir a quantidade de resíduos descartados no meio ambiente. O sistema sustentável é livre de contaminação, disse a gerente da cooperativa.

A instalação das placas de energia fotovoltaica foi resultado do acordo judicial entre a Administração Municipal e uma empresa instalada em Paranavaí. A sugestão para beneficiar a Coopervaí partiu do Ministério Público.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.