Cotidiano
O informe técnico 04, com dados a partir de 28 de julho, que foi publicado nesta terça-feira (03), apresenta dois municípios do Noroeste em situação de alerta em relação à dengue: Floraí e Inajá. O alerta indica que o número de casos autóctones registrados nos municípios é elevado considerando o tamanho da população. 
Floraí aparece pela primeira vez no boletim e registra cinco casos de dengue em que as pessoas foram contaminadas no próprio município. Inajá aparece com seis casos autóctones confirmados e continua em situação de alerta. A incidência dos dois municípios é alta, enquanto Inajá tem 193,36, Floraí registra a incidência de 100,95.  
A incidência de casos é calculada a partir do número de confirmações autóctones da doença dividido pela população da cidade, multiplicados por 100 mil. Quando o resultado dessa conta fica entre zero e 100 casos, o município é classificado como baixa incidência, entre 100 e menor que 300 é situação de alerta. E acima de 300 é considerada epidemia.
A coordenadora Ivana explica a diferença entre os casos autóctones e importados. “A situação de casos autóctones ocorre quando a pessoa não se deslocou para outro local e não teria como ter sido contaminada fora da cidade em que reside. Já os importados são justamente quando ocorreu essa viagem ou deslocamento e a pessoa volta para a sua residência contaminada e então desenvolve a doença.”
O informe semanal registra 68 novos casos de dengue no Paraná, sendo 52 autóctones, cinco importados e os demais ainda em investigação quanto ao local provável de infecção. Desde o início desse ciclo sazonal, em 28 de julho, o total de confirmações é de 185. Os casos notificados também aumentaram e chegaram a 2.196. 
AUTÓCTONES – Na última semana 12 municípios registraram notificações pela primeira vez: Iguatu (1 caso), Lindoeste (1), Altônia (1), Floraí (5), Flórida (1), Paranacity (2), Santa Fé (1), Uniflor (2), Florestópolis (1), Guaraci (1), Ibiporã (1) e Santa Mariana (1). Além destas, outras 38 cidades confirmaram casos autóctones nas últimas semanas: Alto Paraná, Alto Piquiri, Amaporã, Andirá, Apucarana, Bandeirantes, Cambe, Cascavel, Cianorte, Douradina, Doutor Camargo, Foz do Iguaçu, Guairaçá, Inajá, Itaguajé, Itambé, Itaipulândia, Ivaté, Jesuítas, Juranda, Leópolis, Loanda, Londrina, Marechal Cândido Rondon, Maringá, Matelândia, Nova Cantu, Quinta do Sol, Santa Isabel do Ivaí, Santa Terezinha de Itaipu, Santo Antônio do Paraíso, São Carlos do Ivaí, São João do Ivaí, São Pedro do Ivaí, São Miguel do Iguaçu, Sarandi, Umuarama e Uraí. 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.