Cotidiano
Policiais Civis e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) dos estados do Paraná e São Paulo realizaram operação ontem no Porto São José, distrito de São Pedro do Paraná, e em Paranavaí para cumprir seis mandados de prisão e de busca e apreensão. 
Até o fim da tarde, cinco suspeitos tinham sido presos e os policiais continuam no encalço de outro homem.
O delegado do Denarc, Leandro Roque Munin, em entrevista a RPC, disse que se trata de uma quadrilha que comprava drogas no Paraguai e transportava o narcótico utilizando embarcações e balsas através do Rio Paraná até o distrito do Porto São José. 
Munin disse ainda que o destino do narcótico seria a cidade de Rosana, no interior de São Paulo e de lá era distribuída para outras cidades do estado vizinho.  
Em contato com o Denarc de Maringá, a informação é de que os policiais estavam apoiando o trabalho dos policiais civis da cidade de Rosana, que já vinham investigando a quadrinha. Cerca de 40 policiais participaram da operação, que cominou com a prisão de cinco pessoas.          
A operação também contou com apoio de cães da Denarc de Cascavel, que acabaram encontrando 500 gramas de haxixe escondidos em um carro que pertence a um dos homens presos. 
Os presos foram conduzidos a Delegacia de Loanda, onde ficam à disposição da justiça.    

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.