Cotidiano
O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná abre na próxima segunda-feira (5) as inscrições para que advogados incluam seus processos na pauta da 9ª Semana Nacional de Execução Trabalhista, que será realizada no período de 16 a 20 de setembro de 2019. Podem ser inscritos processos que estejam tramitando em primeiro e segundo graus.
Durante o evento, a Justiça do Trabalho concentrará esforços em casos que se encontram em execução, em que os devedores não cumpriram a decisão judicial ou em que há acordo descumprido. O objetivo do mutirão é o pagamento integral dos valores ao credor, garantindo a entrega efetiva do direito.
A campanha é promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), que adotou na edição deste ano o mote “Todos pela efetividade da Justiça”.
Ao longo da Semana, o TRT-PR promoverá pautas de audiências de tentativa de conciliação dos processos em fase executória que estiverem inscritos, além daqueles que as próprias unidades, por meio de uma triagem em seu acervo, constatarem que têm possibilidade de acordo.   
Outras medidas serão adotadas durante a campanha, como a intensificação de procedimentos executórios, tais como busca de bens e inclusão de devedores no BNDT, expedição de guias, mandados de penhora e realização de leilões.    
Todas as Varas do Trabalho poderão participar da Semana Nacional da Execução. Em Curitiba haverá um mutirão e as atividades ocorrerão no Fórum Trabalhista de Curitiba, nas unidades da Coordenadoria de Conciliação e de Apoio Permanente à Execução de Curitiba (COCAPE), Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (CEJUSC – 1º Grau), Núcleo de Apoio à Execução (NAE) e Núcleo de Pesquisa Patrimonial (NPP).
As inscrições para a 9ª Semana Nacional de Execução Trabalhista poderão ser feita por meio de link que será disponibilizado na próxima segunda-feira. O prazo termina no dia 16 de agosto. 
RESULTADOS ANTERIORES – No ano passado, a Justiça do Trabalho movimentou quase R$ 720 milhões durante a 8ª Semana Nacional da Execução Trabalhista. Os 24 Tribunais Regionais do Trabalho realizaram 23.064 audiências e atenderam 93.702 pessoas. Foram homologados 8.379 acordos, realizados 645 leilões e efetivados 27.858 bloqueios por meio do BacenJud, sistema que interliga a Justiça ao Banco Central e às instituições bancárias.
Promovidas desde 2011, as edições anteriores da Semana da Execução Trabalhista juntas movimentaram mais de R$ 5 bilhões.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.