Artigos
*Vivaldo José Breternitz 
Ao comemorarmos 50 anos da chegada do homem à Lua, vale relembrar que em 2015, o diretor geral da Agência Espacial Europeia (European Space Agency – ESA), Jan Wörner, lançou a ideia de se criar uma aldeia na Lua – o projeto foi chamado “Moon Village”.
Wörner inspirou-se no alto nível de cooperação alcançado durante os trabalhos da Estação Espacial Internacional; o Moon Village representa uma extensão desse projeto, criando uma base permanente na Lua.
O MIT – Massachusetts Institute of Technology, em colaboração com a ESA e algumas empresas, está pesquisando o assunto, tentando demonstrar o potencial de uma parceria internacional público-privada para promover a exploração do espaço. 
O projeto Moon Village centra-se, neste momento, na necessidade de sistemas de habitação na Lua, a serem utilizados em atividades de pesquisa, principalmente. 
A equipe propôs um projeto localizado vizinho ao Polo Sul lunar, onde há recursos como luz quase perpétua e gelo nas crateras próximas, a fim de maximizar a utilização de recursos ali disponíveis e diminuir a necessidade de transportar produtos a partir da Terra.
Para os terráqueos, seria ótimo se esse projeto fosse à frente…
(*) Vivaldo José Breternitz é Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo; é professor da Faculdade de Computação e Informática da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.