Destaque

Levantamento serve como uma ferramenta a mais para Vigilância Sanitária para coibir aglomerações e festas clandestinas que possam ocorrer na cidade, dentro das casas de locação

Servidores da Secretária Municipal do Turismo de Porto Rico concluíram o levantamento do número de casas destinadas a locação em finais de semanas e durante temporadas. É mais uma medida de combate à disseminação do coronavírus na cidade.  “Esse cadastro é muito importante para termos um controle e ações rápidas em casos de denúncias de aglomerações”, destacou o secretário municipal de Turismo, Márcio Cavalari de Andrade Alves.

O levantamento serve agora como uma ferramenta a mais para Vigilância Sanitária na fiscalização de aglomerações e festas clandestinas que possam ocorrer na cidade, dentro das casas de locação.

O levantamento indicou 53 residências cadastradas, junto a cinco imobiliárias presentes na cidade. São casas de veraneio, locadas para finais de semana e temporadas mais longas. De acordo com o Decreto municipal em vigor, não é permitido mais de 10 pessoas em casas locadas nessas categorias.

O cadastro também será uma forma da Administração municipal e Policia Militar fiscalizarem e apurarem denúncias de som alto, baderna, entre outros delitos que venham prejudicar a tranquilidade dos vizinhos.

Lembrando, que esse número de 53 residências corresponde apenas a casas gerenciadas por imobiliárias. Ficaram de fora do cadastro as casas de moradores que locam direto com o cliente, sem o auxílio de empresas.

Se você loca casa em Porto Rico para passar finais de semana ou temporadas na cidade com a família ou amigos fique atento ao Decreto municipal, cumpra todas as medidas de prevenção contra o contágio do covid19, usando máscaras e cuidado da higiene e curta a cidade e suas belezas naturais.

(fonte: Assessoria Prefeitura Porto Rico)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.