Destaque

Comissão de lojistas voltou a se reunir para debater custos da decoração natalina de Paranavaí

 O comércio de Paranavaí vai começar a funcionar à noite, em dezembro, a partir do dia 7, abrindo a temporada natalina, com a chegada do Papai Noel. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (7) pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Rodrigues, que participou da reunião com a comissão de lojistas que negocia com a prefeitura um modelo de financiamento da decoração de Natal para atrair consumidores à cidade. A chegada do Papai Noel no mesmo dia em que o comércio começa a abrir à noite foi autorizada pelo prefeito Carlos Henrique Rossato Gomes (Delegado KIQ).

A comissão que representa os lojistas foi organizada pela Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (ACIAP), a pedido da própria categoria. A entidade marcou uma audiência com o prefeito e os lojistas para discutir a decoração de Natal. Os varejistas pediram que, além da decoração natalina na Praça dos Pioneiros, que houvesse também um atrativo no centro da cidade.

“O prefeito KIQ preferia fazer a chegada do Papai Noel na sexta-feira anterior. Isto permitiria que os funcionários do comércio, principalmente aqueles que têm filhos, pudessem ver esta chegada. Mas atendendo os comerciantes e vendo a necessidade de fomentar o comércio, principalmente neste ano difícil com a pandemia do coronavírus, ele concordou em fazer a chegada com o comércio aberto”, explicou Rodrigues.

A intenção, conforme sugestão apresentada na reunião, é que à medida que o Papai entre no centro da cidade, as luzes serão acionadas gradativamente com o avanço do carro, promovendo um espetáculo de luzes.

O secretário também confirmou a realização do concurso de vitrines, que dá às três melhores decorações prêmios de R$ 3000,00, R$ 1,500,00 e R$ 750,00, respectivamente, para quitação do IPTU.

ORÇAMENTO – A decoradora paranavaiense Fernanda Freitas, que vem assessorando a comissão com sugestões, apresentou o orçamento da ornamentação de rua que já havia sido aprovada, com a utilização de tecidos para revestimento dos troncos das árvores e iluminação cênica nos galhos. Cada quadra custará R$ 11.500,00. A média para cada empresário será de R$ 400. Neste valor poderá ser acrescido para investimento em mídia.

O valor de R$ 400 é quase que o equivalente ou até menos do que se paga em jogos de lâmpada simples para decoração das lojas e é menor que as promoções de distribuição de prêmios. “O que foi aprovado é que não seria realizada a campanha de prêmios para poder ser investido na decoração. E o valor da campanha ano passado foi de R$ 600. Então está até ficando mais barato”, lembrou o gerente da ACIAP, Carlos Henrique (Kaká) Scarabelli.

Lojistas do Jardim Ipê também deverão aderir a este modelo de decoração, com as quadras tendo cores definidas de forma a ampliar o impacto visual da decoração. Scarabelli informou que para os empresários dos centros e dos bairros pagarão o mesmo preço pela decoração. “Normalmente, os associados pagam preço de custo e os não associados o dobro. Este ano, considerando a pandemia e até para quem ainda não conhece, saber como funciona o associativismo, cobraremos o preço de custo para todos”, disse ele.

RUA COBERTA – Já a Administração Municipal deverá arcar com a “rua coberta” na quadra em frente à Prefeitura, na Avenida Getúlio Vargas. Será uma tenda de 12 m X 24 m, com cobertura de acrílico, ornamentada, iluminada e até um painel de LED, tornando-se num ponto turístico para atrair os consumidores ao centro da cidade. Nesta “rua” poderá haver apresentações artísticas, praça de alimentação, playground etc. Nos arredores da rua, provavelmente no pátio da Prefeitura, também deverá ser montado um presépio. “Temos que fazer algo diferente, inovador, que atraia os consumidores”, apontou Fernanda Freitas.

O secretário Carlos Rodrigues informou que será mantida a decoração da Praça dos Pioneiros e ainda ganharão alguns arranjos mais modestos, a Praça Sinval Reis (da Xícara) e a Praça Rodrigo Ayres de Oliveira (do teatro) e a intenção é colocar no Terminal Rodoviário Urbano um ônibus decorado. “Vamos ver se conseguimos fazer este ônibus diferenciado”, disse Rodrigues.

COMISSÃO PERMANENTE – Criada durante uma assembleia em que o que estava em discussão era o calendário comercial da cidade, a comissão de lojistas que está tratando da decoração natalina poderá ser permanente e deve atuar em todas as datas comemorativas, como Dia das Mães, das Crianças, dos Namorados, dos Pais etc. A ideia foi lançada na reunião desta quarta e na próxima reunião a proposta deverá ser colocada em votação.

Uma das possibilidades é criar um fundo para que em todas as datas festivas seja realizada uma decoração adequada. “Precisamos deixar a cidade bonita e atraente, para trazer os consumidores da região para Paranavaí”, defendeu a comerciante Marcela Merique Alves.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.