Destaque

Medidas extraordinárias de restrição e regulação estão sendo adotadas a partir desta sexta-feira, dia 21 de maio, em Paranavaí. Por um período de 30 dias (ou seja, até 20 de junho), as atividades não essenciais terão que ser finalizadas diariamente até às 20h. Após esse horário, também fica proibida a venda, consumo e entrega de bebidas alcoólicas. As medidas constam no Decreto Municipal nº 22.432/2021, que será publico até o fim do dia no Diário Oficial dos Municípios.

De acordo com o Decreto, todos os estabelecimentos comerciais, empresariais, associativos e congêneres, bem como, atividades recreativas em logradouros públicos ou privados, clubes, quadras de esportes (inclusive particulares) e academias, deverão encerrar suas atividades para o público até as 20h. A exceção se aplica unicamente para os serviços/atividades essenciais, como farmácias; serviços de Saúde; supermercados, mercados e mercearias; postos de combustíveis (apenas e tão somente para abastecimento); instituições de Ensino Médio, Superior e Profissionalizante. Além disso, após às 20h, fica vedada a venda, consumo e entrega de bebidas alcóolicas, sendo autorizada unicamente a realização de delivery de produtos alimentícios.

“O aumento no número de casos positivos de Covid-19 está acontecendo de maneira acelerada em todo o Estado. Aqui em Paranavaí foram 586 casos positivos em apenas quatro dias – 117 na segunda-feira, 110 na terça, 160 na quarta e 200 na quinta-feira. Epidemiologicamente falando, já é a pior semana em número de casos desde o início da pandemia. Além disso, a rede hospitalar está sofrendo com a superlotação. A Santa Casa está há várias semanas com lotação total, o Hospital de Campanha Morumbi também e esta semana a UPA está operando muito além da capacidade, chegando a ter 20 pacientes no setor Covid aguardando por uma vaga hospitalar”, destaca a secretária de Saúde, Andréia Vilar.

Na avaliação do prefeito KIQ, “as medidas são extremamente necessárias neste momento para tentarmos conter a circulação viral e evitarmos um colapso no sistema de Saúde. No período em que o Governo do Estado impôs o toque de recolher às 20h em todo o Paraná, nosso município conseguiu manter uma média aceitável de casos positivos por dia – em torno de 50. Desde que o toque de recolher foi ampliado para às 23h, recebemos várias denúncias de situações de aglomeração no período noturno, principalmente de jovens fazendo festas clandestinas ou superlotando estabelecimentos. O resultado desse relaxamento está chegando para nós”, comenta o prefeito.

“Desde o inicio da pandemia dissemos que a adaptabilidade e a reavalição das medidas diariamente, sobretudo nos momentos críticos, seriam determinantes para o enfrentamento da crise. Apesar de já termos marcado uma reunião extraordinária com o COE para a próxima terça-feira, entendemos que diante deste quadro extremamente preocupante, seria muito imprudente por parte do município não tomar providências imediatamente. Por isso optamos por este novo Decreto mais restritivo, antes mesmo da reunião com o COE”, frisa KIQ.

Com as novas medidas extraordinárias, o Decreto Municipal nº 22.419/2021 (publicado na última quinta-feira, dia 20) fica suspenso no que tange aos horários e menores restrições estabelecidas.

 

Fonte: Prefeitura de Paranavaí.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.