Destaque

Em relação às instituições financeiras, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que as agências não terão expediente ao público segunda e terça-feira

O comércio de Paranavaí seguirá o calendário estabelecido pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e não terá expediente durante o período de Carnaval. Na segunda-feira (15), as lojas do Centro e dos bairros estarão fechadas para compensar a jornada de trabalho no dia 20 de dezembro de 2020, domingo que antecedeu o Natal. Na terça-feira (16), permanecerão em recesso.

A presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Paranavaí (Sindoscom), Leila Vanda Aguiar, explicou: “Vamos seguir o que está convencionado, tendo em vista que a Convenção Coletiva de Trabalho é soberana”. Segundo ela, todas as entidades sindicais que adotaram o recesso nos dois dias manterão a decisão, independentemente dos decretos nos âmbitos estadual e municipal.

A Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap) reforçou a informação, destacando que na Quarta-Feira de Cinzas as atividades serão retomadas das 8h às 18h.

Segundo o texto que formaliza o acordo entre o Sindoscom e o Sindicato do Comércio Varejista de Paranavaí (Sivapar), as lojas comerciais instaladas nos shopping centers poderão funcionar nos dois dias, das 14h às 20h.

Em relação às instituições financeiras, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que as agências não terão expediente ao público segunda e terça-feira. Os atendimentos serão retomados quarta-feira (17), a partir das 12h. A decisão está descrita na Resolução 2.932 do Banco Central do Brasil.

PREFEITURA DE PARANAVAÍ – De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Paranavaí, a equipe técnica está acertando os últimos detalhes para a publicação do decreto que define como serão os serviços públicos municipais. A expectativa é que a decisão seja ratificada na reunião do Comitê de Operação Emergencial (COE) na manhã desta quinta-feira (4).

O COE é formado por representantes técnicos de diferentes segmentos, que avaliam a situação de Paranavaí a partir dos números de casos, internações e mortes por Covid-19.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.