Destaque

Em entrevista exclusiva ao Diário do Noroeste, o candidato do PT falou sobre saúde, educação, geração de empregos e segurança pública, entre outros itens

Candidato e sua equipe de campanha falaram das propostas de governo

A construção do hospital municipal será prioridade na gestão de Cesar Alexandre (PT), candidato a prefeito de Paranavaí, caso seja eleito. Ele considera o projeto viável e necessário, pois avalia que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) funciona como “um hospital improvisado”, mantendo pessoas internadas por até 15 dias. Essa dinâmica gera gastos desnecessários para os cofres públicos.
O petista garante que já tem compromisso firmado com deputados estaduais e federais para o repasse de verbas que possibilitarão construir e equipar toda a estrutura hospitalar. A manutenção, diz Cesar Alexandre, será feita a partir de economias administrativas, por exemplo, a redução de pelo menos metade dos cargos comissionados.
Ele defende a eliminação das filas de espera por consultas, exames e cirurgias a partir da realização de mutirões de atendimento e aumento da oferta de serviços de saúde. “Hoje o sistema não funciona.” Na ortopedia, cita, há casos em que os pacientes aguardam de seis a oito meses.
A saúde foi um dos temas destacados por Cesar Alexandre em entrevista exclusiva ao Diário do Noroeste, quando foi recebido pelo diretor Sérgio Carvalho e pelo editor Adão Ribeiro. Na ocasião, falou sobre segurança, educação, funcionalismo público, geração de empregos, esporte e cultura. A seguir, o DN apresenta os principais trechos da conversa com o candidato.
Nascido em Paranavaí, é casado e tem dois filhos. Tem formação acadêmica em Ciências Contábeis, História (com doutorado) e Ciências Sociais e acumula mais de 30 anos como servidor da Copel. Foi vereador no período de 2005 a 2008 e se candidatou a prefeito em 2012, somando aproximadamente 20 mil votos – Rogério Lorenzetti saiu vitorioso e foi reeleito com quase 24.500 votos.
O que mudou de 2012 para cá? “Estou mais maduro, tenho maior entendimento das coisas, mais conhecimento acadêmico e experiência com gestão pública.” O contato com comunidades periféricas garantem vivência com a população mais pobre, e isso “me credencia para governar a cidade de Paranavaí”, porque ajuda a “saber do que a cidade precisa”.
Uma das necessidades urgentes apontadas pelo candidato é a geração de empregos, “não só quantidade, mas com qualidade”. A ideia é fomentar o empreendedorismo, proporcionando assessoria técnica. Cesar Alexandre pretende criar a Escola de Pequenos Negócios, com orientações sobre como agregar valor ao produto ou ao serviço e marketing digital, entre outros pontos.
Fala da importância do Plano Diretor como instrumento do desenvolvimento econômico: é preciso ouvir a comunidade para saber quais são as demandas quanto à qualificação de mão de obra e à preparação dos trabalhadores. Paralelamente, quer criar incentivos fiscais para empresas locais e para aquelas que pretendem se instalar em Paranavaí.
SEGURANÇA – O terceiro eixo da campanha petista é a segurança pública. “Precisamos dar estrutura para a Guarda Municipal atender bairros e distritos. Capacitar e treinar a equipe e garantir proteção.” De acordo com Cesar Alexandre, as propostas nesse setor incluem o estímulo a atividades esportivas e culturais nos bairros, que considera medidas preventivas.
Aliando a preocupação com segurança e a sabida relação com melhorias na educação, o candidato diz que é preciso democratizar o sistema de ensino e dar condições de oportunizar o acesso a todas as crianças. As escolas em tempo integral precisam ser mais bem estruturadas, oferecendo atividades alternativas no contraturno.
No âmbito salarial, ressalta a defasagem entre as categorias de funcionários públicos, sendo necessário corrigir as distorções. “O servidor tem papel determinante.” Por isso, defende que o problema seja solucionado a partir dos menores salários para os maiores. “Valorizar o servidor é questão estratégica”, declara, referindo-se ao atendimento prestado à população.
EQUIPE – O primeiro passo para a formação da equipe administrativa é discutir a redução dos cargos comissionados, especialmente aqueles que são preenchidos a partir de alianças políticas. “Queremos priorizar os servidores municipais e indicar pessoas que sejam capazes de desenvolver o trabalho.”
A vice-prefeita Elvira Maria Isabel Jaroskevicz terá atuação efetiva e colocará o “olhar da mulher sobre a administração, com maior atenção para as pessoas”, afirma Cesar Alexandre. A candidata complementa: “Não estou aqui só para ocupar o cargo. Sou ativista”. Professora, ela conta que atuará em defesa da população feminina e das minorias sociais.
ESPORTE E CULTURA – O candidato a prefeito diz que é preciso potencializar os investimentos no esporte amador e dar base para o fortalecimento do Atlético Clube Paranavaí (ACP): o torcedor quer participar. Argumenta que o Estádio Municipal Waldemiro Wagner pode ser utilizado para atender outras atividades, com a criação de centros esportivos.
Em relação à cultura, aponta como uma das principais características de Paranavaí, por isso, é preciso democratizá-la e torná-la mais popular. As artes, ressalta Cesar Alexandre, ajudam na construção de uma sociedade mais segura. Além disso, o turismo cultural gera emprego e renda.
CONSIDERAÇÕES – Diante dos argumentos apresentados, o candidato petista diz que se sente preparado para governar Paranavaí. Afirma que o caráter e a capacidade devem ser medidos não pela cor da pele, pela religião ou pelo partido a que pertence, mas por toda a trajetória de vida, a história.
ENTREVISTAS – Desde o dia 27 de outubro, o DN tem divulgado entrevistas com os candidatos a prefeito de Paranavaí. Já passaram pelas páginas do jornal Delegado KIQ (Pode), Marcos Aurélio (PSTU) e Eduardo Dal Prá (PDT). A próxima publicação será no dia 4 de novembro, com o candidato Demerval Silvestre (PSC).
O Diário do Noroeste tem dedicado o mesmo espaço para todos os concorrentes, apresentando as propostas de governo com isenção, garantindo isonomia a todos. O material também pode ser visto nas mídias digitais do DN (www.diariodonoroeste.com.br e @diario.paranavai).

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.