Cotidiano

De 1º a 9 de setembro deste ano, os paranavaienses consumiram mais água do que no mesmo período de 2019. O crescimento foi de 10,93%, ou mais de 16,9 milhões de litros. A situação preocupou o gerente geral da Sanepar na Região Noroeste, Heterley Ubaldo, que pediu para a população fazer uso consciente do recurso hídrico.

De acordo com o levantamento da Sanepar, o pico de consumo foi registrado no dia 4 de setembro, alcançando mais de 20,3 milhões de litros de água. No dia correspondente em 2019, haviam sido gastos 17,1 milhões de litros.

Informações do Instituto de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) mostram que o último registro de chuva em Paranavaí foi no dia 20 de agosto. Desde então, os dias são marcados por céu claro e temperaturas altas, o que motiva o aumento no consumo de água.

Mas é importante destacar que o Paraná vive a crise hídrica mais severa dos últimos anos, por isso, Ubaldo orientou os consumidores a usar a descarga de maneira moderada, fechar a torneira ao se barbear e escovar os dentes, ensaboar a louça com a torneira fechada, utilizar controladores de saída nas torneiras e reduzir o tempo de banho.

Mesmo considerando os efeitos da seca prolongada, o gerente regional da Sanepar destacou que por enquanto não há risco de desabastecimento e não existe possibilidade de implantação do sistema de rodízio em Paranavaí, com distribuição intercalada de água para os bairros da cidade.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.