Destaque

Os quatro primeiros dias de outubro deste ano foram marcados por níveis históricos de consumo de água. Em Paranavaí, foram mais de 86,5 milhões de litros, 12% a mais do que no mesmo período de 2019, quando a produção chegou a 77,1 milhões de litros.

Com a elevação, o sistema de distribuição foi afetado e houve desabastecimento em alguns bairros da cidade. Em outros pontos, a pressão da água na rede ficou reduzida. De acordo com o gerente regional da Sanepar, Heterley Ubaldo, os reservatórios operaram com níveis mínimos.

A avaliação de Ubaldo é que o crescimento no consumo de água foi resultado das altas temperaturas registrados nos quatro primeiros dias do mês, respectivamente, 35ºC, 41ºC, 40ºC e 35ºC. O maior volume de produção foi na sexta-feira (2), 23 milhões de litros.

O gerente regional da Sanepar afirmou que ainda não há necessidade de adotar o sistema de rodízio, com alternância de fornecimento de água para os bairros. Mas se a falta de chuva e as temperaturas elevadas persistirem, a medida poderá ser implantada em Paranavaí.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.