Cotidiano

O Dia das Crianças promete animar alguns setores do comércio, amenizando os prejuízos causados pela pandemia. Segundo sondagem da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), 61,0% dos paranaenses pretendem presentear nesta data.

O percentual ficou abaixo da pretensão de compras registrada no ano passado, que foi de 68,2%. Mas, em média, o número de presenteados será maior neste ano porque aumentou a parcela de paranaenses que oferecerão o mimo para mais de três crianças.

Outro ponto positivo é que o tíquete médio subiu 24,0%, ao passar de R$90,33 em 2019 para R$111,99, apesar da crise econômica trazida pela Covid-19, sendo o presente uma forma de aproximação e superação do distanciamento social.

LOCAL DAS COMPRASA sondagem da Fecomércio PR também revela crescimento significativo nas vendas pela internet, que saíram de singelos 4,4% no ano passado para 21,7% em 2020. No entanto, a preferência continua sendo pelas lojas presenciais, que devem receber 55,7% do movimento de consumidores, ante os 90,8% verificados em 2019. As lojas do centro da cidade devem concentrar 28,3% das compras, contra 44,2% em 2019. As lojas de shopping terão decréscimo nos negócios, caindo de 21,8% para 15,0%, bem como as lojas de bairro, que baixaram de 24,8% para 12,4% na preferência dos compradores este ano.

TIPO DE PRESENTE Na hora de agradar aos pequenos, a aposta principal continua sendo os brinquedos, com 64,2%. Mas chama a atenção o crescimento da procura por jogos educativos, citados por 17,0% em 2019 e agora são a escolha de 34,4% dos entrevistados. Os livros e afins, o que inclui artigos de papelaria, também cresceram consideravelmente, ampliando de 6,1% em 2019 para 16,8% em 2020. Já roupas e sapatos são a opção para 28,0% dos paranaenses e os eletrônicos (vídeo games, celulares, notebooks e jogos), de 10,4%.

FORMA DE PAGAMENTO A forma de pagamento deverá mudar um pouco este ano. Deve haver uma queda no pagamento à vista, seja em dinheiro ou cartão de débito, que era a opção de 55,6% dos consumidores em 2019 e caiu para 49,1% em 2020. Em contrapartida, as vendas no cartão de crédito, com parcelamento ou para o vencimento, serão maiores, somando 50,3% neste ano ante 40,6% no ano passado. Esse aumento está relacionado à intensificação das compras on-line, onde o pagamento, na maioria das vezes, é realizado no cartão de crédito.

PERFIL DE QUEM VAI PRESENTEAR A escolha dos presentes será feita principalmente por quem vai presentear, com 80,1% das respostas, enquanto outros 19,9% deixarão a criança escolher o que quer ganhar no próximo dia 12 de outubro. A compra de presentes será feita principalmente pelos pais (61,0%), outros familiares (35,8%) e pelos padrinhos/madrinhas (35,3%).

Dos 29,3% dos paranaenses que não pretendem presentear no Dia das Crianças, 44,6% não têm criança para presentear e 31,9% não o farão por problemas financeiros ou porque estão desempregados. Para 58,9% dos pesquisados, a crise causada pela pandemia impactou na sua decisão do valor do presente.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.