Cultura

As letras se juntam para formar palavras e contar histórias. Criam caminhos de cores e levam a viajar pelo mundo. Por elas, as palavras, é possível conhecer a vida e alcançar sonhos, aprender, crescer e se reinventar.

A professora aposentada Cidalina Moderno encontrou inspiração nas letras. Escreveu dois livros e se dedica à produção de mais duas obras. Argumenta que “sem a leitura, não se chega a lugar algum”. Por isso, desde quando atuava na educação infantil, era incentivadora da prática.

Atuou profissionalmente nas escolas Dácia Figueiredo Fortes e Neusa Pereira Braga, em Paranavaí. Foi alfabetizadora, orientadora educacional e diretora. Aposentou-se há oito anos, mas não perdeu contato com esse universo e tirou dele inspiração para compor.

Em 2012, lançou “O mistério da bruxa que não era bruxa”. Em 2015, publicou “Fraldo, o peixinho que amava rosas”. Foi homenageada pela Câmara de Vereadores, que lhe concedeu Moção de Aplausos.

Agora, trabalha na produção de mais dois livros, um voltado para o público infanto-juvenil e outro para a população adulta. Ela prefere não dar muitos detalhes sobre os enredos, mas diz que em algum momento, pode provocar controvérsias.

 

Professora aposentada diz que “sem a leitura, não se chega a lugar algum”
Foto: Arquivo pessoal

CORES – A professora Cidalina destaca que os livros infantis são repletos de cores e de recursos gráficos que chamam a atenção dos leitores. Ela aposta na diversão para incentivar o hábito da leitura, porque acredita que “quando a pessoa domina a leitura, desenvolve a escrita”.

A obra de 2015, por exemplo, inclui figuras para colorir e espaços para fazer colagens. Com isso, as crianças têm a oportunidade de participar do processo de construção da história. “Isso faz com que a leitura proporcione momentos inesquecíveis.”

AFETO – O apreço pelas letras fica evidente em cada frase dita por Cidalina. Também estampa o projeto de comercialização dos livros que circula pelas redes sociais, o “Pacote de Afetos”, pelo qual ela tem a oportunidade de levar os livros para todo o Brasil.

Os detalhes podem ser conhecidos nas redes sociais da professora aposentada (Facebook e Instagram). As duas páginas são encontradas pelo nome da escritora, Cidalina Moderno.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.