Cotidiano

Segunda-feira (24) foi o dia mais frio do ano em Paranavaí. A mínima chegou a 7,6 graus. Esse foi o resultado da chegada de uma massa de ar seco e polar que chegou ao Estado no domingo, mas já perdeu forças. Ontem, os termômetros registraram 10,6 graus. A previsão para hoje é de 14 a 27 graus.

Meteorologista do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), Paulo Barbieri explica que as nuvens carregadas espantaram a massa de ar polar e devem provocar chuva. O volume acumulado de precipitação para esta quarta-feira (26) é de 2,7 milímetros.

O céu permanecerá nublado na quinta-feira (27), mas não há previsão de chuva. As nuvens continuarão desenhando o cenário de Paranavaí na sexta-feira (28), desta vez com o sol despontando ao longo do dia.

A chegada de uma frente fria no sábado (29) voltará a trazer chuva – a precipitação acumulada é de 1,5 milímetro. A partir de segunda-feira (31), uma nova massa de ar polar se instala sobre a região, derrubando as temperaturas mais uma vez. A mínima pode chegar a 9 graus na terça-feira (1º de junho) e a 10 graus na quarta-feira (2).

Barbieri informa que a instabilidade é característica do outono, estação do ano também marcada por temperaturas baixas e variação entre dias chuvosos e de céu claro. Historicamente, os meses mais frios do ano são junho e julho.

O outono teve início no dia 20 de março e se estenderá até 21 de junho. A próxima estação, o inverno, começará no dia 22 de setembro, data da chegada da primavera. A temporada seguinte será o verão, a partir de 21 de dezembro.

Paraná – De acordo com informações do Simepar, a temperatura mais baixa do Paraná na segunda-feira foi registrada no município de Entre Rios do Oeste, na Região Oeste, chegando a 1,7 grau. Toledo teve a segunda menor marca do Estado, com 1,8 grau. Ao todo, 31 cidades paranaenses chegaram à menor marca do ano.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.