Destaque

Serão investidos R$ 9 milhões em um espaço voltado para o lazer da comunidade e que promoverá preservação ambiental. Atualmente, espaço serve como depósito de lixo

Turismo e meio ambiente se encontram na proposta do Governo do Estado de construção de novos espaços de lazer e áreas de conservação ambiental. Paranavaí entrou para a lista de municípios beneficiados e receberá R$ 9 milhões. O dinheiro será investido na construção de um parque na Vila Operária, no terreno utilizado para descarte de lixo. O anúncio foi feito ontem, pelo secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes.

Ele esteve em Paranavaí na manhã de ontem e visitou o ponto conhecido como “Buracão da Vila Operária”. Conversou com o prefeito Carlos Henrique Rossato Gomes (Delegado KIQ), o presidente da Câmara de Vereadores, Leônidas Fávero Neto, e o deputado estadual Tião Medeiros. Explicou que se os processos licitatórios transcorrerem sem empecilhos, as obras deverão ter início ainda neste ano.

Nunes disse que além de ser um ponto turístico, o novo parque oferecerá à comunidade espaços para práticas esportivas: campo de futebol, quadras de vôlei, de tênis e poliesportiva, pistas de skate e de caminhada, academia da terceira idade, playground, vestiários e sanitários.

O secretário estadual pontuou que a construção do parque garantirá conservação do solo e da água, já que atualmente, o espaço recebe os mais diversos tipos de resíduos sólidos, desde entulhos e descartes de construção civil até lixo orgânico. “Será uma solução definitiva para o problema”, declarou. Nas palavras dele, “o ‘Buracão da Vila Operária’ vai sair do lixo para o luxo”.

O prefeito Delegado KIQ ressaltou que o espaço é utilizado como depósito de resíduos há mais de 30 anos. A princípio, deveria receber apenas itens de construção civil e restos de podas de árvores, por exemplo. No entanto, a comunidade insiste em descartar lixo orgânico e produtos que deveriam ser destinados à coleta feita diariamente nos bairros da cidade.

O deputado Tião Medeiros lembrou que a revitalização do local é um pedido antigo dos moradores da Vila Operária, enfatizando que há escolas e entidades voltadas para o atendimento a crianças e adolescentes nas proximidades do “Buracão”. Disse que outros gestores prometeram resolver o problema, mas até agora nada foi feito. Desta vez, a solução ambiental tão almejada será uma realidade.

ECOPONTOS – O secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo falou da importância de criar alternativas para o descarte de lixo. Segundo ele, o fechamento do “Buracão da Vila Operária” poderia estimular a população a jogar o lixo em diferentes lugares da cidade.

Foi informado pelo prefeito Delegado KIQ sobre o projeto de instalação dos Ecopontos, espaços específicos para as pessoas depositarem alguns resíduos sólidos que atualmente são jogados na Vila Operária. A princípio, serão quatro pontos espalhados pela cidade, em diferentes bairros, onde os moradores poderão descartar o lixo de maneira adequada.

COOPERVAÍ – Depois de verificar a situação do “Buracão da Vila Operária”, o secretário Márcio Nunes foi até a Cooperativa de Seleção de Materiais Recicláveis e Prestação de Serviços de Paranavaí (Coopervaí). Em contato com a equipe de cooperados, foi informado das necessidades para ampliar e melhorar a qualidade da produção.

Comprometeu-se a providenciar recursos para a construção de mais um barracão de 300 metros quadrados, uma empilhadeira e um caminhão-baú. Solicitou ao prefeito Delegado KIQ que oficialize o pedido. Atualmente, a Coopervaí reúne 50 cooperados e tem produção de 200 toneladas por mês, mas com as condições ideais de trabalho, poderia chegar a 600.

VEREADORES – O último compromisso do secretário estadual em Paranavaí foi na Câmara de Vereadores, onde também esteve o deputado estadual Luiz Claudio Romanelli. Eles conversaram com alguns parlamentares da Casa e reforçaram a disponibilidade da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para ajudar no desenvolvimento de Paranavaí.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.