Destaque

Houve redução gradativa no número de diagnósticos positivos ao longo das últimas semanas. Preocupação é que a curva volte a subir a partir das primeiras semanas de 2021

Os 28 municípios da 14ª Regional de Saúde, no Noroeste do Paraná, somam 6.175 casos positivos de Covid-19 e 84 mortes. Porto Rico e Loanda têm a maior incidência proporcional de diagnósticos positivos, acima da média paranaense. Depois, aparecem São Pedro do Paraná, Santa Isabel do Ivaí, Nova Londrina, Paraíso do Norte e Paranavaí.

Números da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) mostram que a partir da semana epidemiológica 50 (de 6 a 12 de dezembro), a região viu a contagem de confirmações da doença reduzir gradativamente. Naquele período foram 746, passando para 648 de 13 a 19 de dezembro. Depois, no intervalo de 20 a 26, a Sesa positivou 432 pacientes. Nos dias 27 e 28, que fazem parte da semana epidemiológica 52 (até 2 de janeiro), mais 91 casos.

A preocupação das autoridades em saúde é que as festas e confraternizações de fim de ano resultem em nova elevação dos números. A médica responsável pela Ala Covid-19 da Santa Casa de Paranavaí, Gislaine Erédia, estima que o quadro volte a ficar preocupante em torno do dia 10 de janeiro. A infectologista reforça o pedido para que a população cumpra as regras sanitárias e evite aglomerações.

O boletim emitido pela equipe do hospital na tarde de ontem apontava que 16 pacientes estavam internados, sendo nove na UTI (90% dos leitos) e sete na Enfermaria (índice de 70% de ocupação). Desse total, 14 tinham resultados positivos para coronvaírus e dois ainda aguardavam a conclusão dos exames laboratoriais.

A infectologista da Santa Casa destaca que receitas preventivas não são indicadas pelos conselhos representantes dos profissionais que atuam no atendimento a pacientes com Covid-19. “Se houvesse tratamento precoce, não haveria morte.” Ela diz que tomar medicamentos e achar que está imune ao vírus é um erro grave que pode custar vidas.

INCIDÊNCIA – A taxa de incidência é calculada a partir da proporção de casos positivos para 100 mil habitantes. Porto Rico alcançou a marca de 4.494. Significa que se fossem 100 mil moradores, o município teria quase 4.500 confirmações da doença. Nas mesmas condições, Loanda passaria de 4.300 pessoas positivadas. A média do Paraná é de 3.513 para cada grupo de 100 mil habitantes.

De acordo com a Sesa, a lista de municípios do Noroeste do Paraná com maiores índices proporcionais de casos de Covid-19 segue com São Pedro do Paraná (3.156), Santa Isabel do Ivaí (2.932), Nova Londrina (2.762), Paraíso do Norte (2.552) e Paranavaí. A taxa média de incidência na 14ª Regional de Saúde é de 2.231 confirmações para cada 100 mil pessoas.

PARANAVAÍ – Na tarde de ontem, a Prefeitura de Paranavaí publicou a atualização dos números da doença no município. Em 24 horas, foram 15 novos casos. Os pacientes positivados são sete homens (24 a 48 anos), sete mulheres (21 a 53 anos) e uma adolescente (13 anos). Segundo a Secretaria de Comunicação, todos cumprem isolamento domiciliar e seguem com acompanhamento das equipes de saúde.

Desde o início da pandemia, Paranavaí já registrou 2.266 diagnósticos positivos de Covid-19, com 32 mortes. Do total de pessoas positivadas, 2.086 já estão recuperadas e 148 estão com o vírus ativo: 142 cumprem estão em casa, no período de quarentena, e seis ocupam leitos hospitalares na Santa Casa, sendo quatro homens (39, 46, 58 e 84 anos) e uma mulher (65 anos) na Enfermaria e um homem (44 anos) na UTI.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.