Destaque

O 2º Festival Cidade Poesia Online, que foi transmitido ao vivo no último dia 10, divulgou o resultado das cinco melhores declamações apresentadas. Quem quiser conferir as apresentações é só entrar na página do festival no Facebook (fb.me/festivalcidadepoesiaonline).

A comissão julgadora foi composta por artistas de vários locais do Brasil. Eles tiveram o valioso trabalho de selecionar, criteriosamente, cada declamador inscrito.

A comissão foi Valdecir Cardoso de Assis (São Paulo, SP), Marcos da Cruz (Ilha Solteira, SP), Viviane Justino (Maringá, PR), Fábio Dantas Amaral Lisbôa da Silva (Florianópolis, SC) e Gabriel Roque (Maringá, PR).

A premiação foi de R$ 300,00 para cada uma das cinco melhores da noite. Houve ainda o prêmio voto popular, que também destinou R$ 300,00 à declamação mais curtida na página oficial do festival.

“Quando iniciei minha carreira foi como declamador e, para mim, esse é um momento muito especial, pois, Paranavaí é um celeiro de grandes artistas”, comenta Amauri Martineli, organizador do evento.

O Festival foi uma iniciativa totalmente privada e só foi possível graças ao patrocínio de alguns empresários da cidade, como: Âncora Agência de Estratégia, Augustus Shopping Food, Bipharma – Farmácia de Manipulação, MeuImplante.com.br – Odontologia Especializada, Profª Cida Gonçalves, Clinipar, Construteto – Engenharia e Construções, Drª Jaqueline Dal Prá, Odontologia – Drª Kelsellen e Drº Marcos, EcoSul Brasil Construtora, Gilmar Lassala, Greco – Revestimentos Cimentícios, Guguy Supermercados, Império, Influx – Escola de Inglês, Luís Escarmanhani, Construtora Monte Cristo, Paulo Campos, Socipar – Sociedade Civil Organizada do Paraná, Troncos Beckhauser, Unimed Paranavaí.

Os premiados da noite foram: Carla Mazzin (Sempre haverá esperança, de Bráulio Bessa), Higor Fonseca (A Sentença, de Milena Vargas de Oliveira), Jeferson Bicudo (Passarão, Passarim, de Altair Cirilo dos Santos), Lígia Niehues (A mulher de Lot, de Wislawa Szymborska) e Lívia Micheletti Carneiro (Se eu fosse eu, de Clarice Lispector). Carla Mazzin também levou o prêmio do júri popular com a declamação mais votada na plataforma.

“Sem a inscrição dos artistas, a colaboração valiosa da comissão julgadora e, principalmente, a sensibilidade dos patrocinadores que acreditaram no evento, seria impossível realizá-lo, na realidade seria um erro. Minha gratidão a todos,” conclui Martineli, que há mais de 20 anos organiza e produz festivais de arte.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.