Cotidiano

Assessoria Prefeitura

Paranavaí somou 7.413 casos notificados de dengue em oito meses

Um levantamento realizado pelo setor de epidemiologia da Vigilância em Saúde de Paranavaí aponta que, de 1º de janeiro a 31 de agosto deste ano, 7.413 pessoas foram notificadas com suspeita de dengue na cidade. Deste total, 6.658 casos foram confirmados, 553 descartados e 222 tiveram laudos inconclusivos ou ainda aguardam resultados de seus exames.

O primeiro quadrimestre (de 1º de janeiro a 30 de abril) registrou 97,28% dos casos positivos de dengue em Paranavaí. No mês de janeiro foram 3.263 confirmados, outros 2.040 em fevereiro, 847 em março e 327 em abril, um total de 6.477 no período mais quente do ano.

Cuidar da limpeza é uma das formas de prevenir a dengue

Em oito meses, também foram confirmadas sete mortes por dengue na cidade: três em fevereiro, duas em março, uma em abril e uma em maio. Estes óbitos foram investigados pela Secretaria de Estado da Saúde e receberam laudo positivo para causa morte por dengue. Outros dois óbitos ocorridos no mês de agosto ainda estão em investigação – de um homem de 34 anos e um menino de 10 anos.

A preocupação agora é com o último quadrimestre do ano, quando começam a primavera e o verão e as temperaturas em Paranavaí ficam mais elevadas. O calor, aliado aos períodos de chuvas das duas estações, fazem a receita perfeita para a procriação das larvas do mosquito Aedes aegypti que podem estar depositados em calhas, vasos de plantas, comedouros de animais, pneus, garrafas e outros recipientes indevidamente descartados ou armazenados nos quintais das residências, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais. Por isso, a recomendação da Vigilância em Saúde é para que os cuidados com a dengue sejam retomados o quanto antes para evitar uma epidemia na cidade.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.