Destaque

Coibir a ação de criminosos e garantir a segurança e o bem-estar da população são assuntos extremamente importantes para a sociedade. Em busca de soluções para facilitar o trabalho das forças de segurança em prol do aumento da segurança, os vereadores professora Cida Gonçalves e Leônidas Fávero Neto, apresentaram nesta semana, proposição ao prefeito Carlos Henrique Rossato Gomes, em que solicitam estudos e informações sobre a possibilidade de realização de parceria público-privada, sem oneração ao Município, visando ao compartilhamento de imagens de câmeras de vigilância de residências e empresas voltadas para as vias públicas, com a Guarda Municipal de Paranavaí, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

“Temos ciência que um dos grandes desafios para termos uma cidade mais segura, passa pela necessidade da modernização de seu modo de operação, fazendo com que a gestão da segurança pública utilize menos recursos e possua maior eficiência. Assim, com a utilização de câmeras de segurança do setor público e privado, e o monitoramento pelos órgãos competentes, entendemos que coibirá, de forma mais ágil, a ação dos criminosos”, explicou Leônidas.

A utilização deste tipo de sistema já foi implantado em várias cidades do mundo, como Detroit, Rio de Janeiro, São Paulo e mais recentemente em Apucarana.

“Sabemos que a instalação de câmeras por toda a cidade ainda é algo utópico, pois além do alto custo de aquisição existe ainda a manutenção. Porém, Apucarana, cidade com população um pouco maior que a nossa, aqui no Paraná, adotou este modelo com custo zero para os cofres públicos e já possui cerca de 190 câmeras para a utilização nos serviços de monitoramento. Entendemos que este modelo de parceria será benéfico para nossa cidade e é perfeitamente possível, pois atinge o interesse da população ao aumentar a segurança de nossas vias”, garantiu Cida.

O requerimento será votado na próxima segunda-feira, 24, e se aprovado, seguirá para o Poder Executivo que terá prazo de 15 dias para respondê-lo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.