Destaque

Considerando todos os municípios com hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Campo Mourão, Goioerê, Maringá, Paranavaí e Umuarama, que formam a chamada Macrorregião Noroeste, a fila de espera chegou a 217

No último domingo (6), o Noroeste do Paraná somou 38 casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 aguardando leitos hospitalares, sendo 12 na UTI e 26 na Enfermaria. Trata-se de uma das filas de espera mais volumosas desde o início da pandemia. No sábado (7), a região alcançou a mesma marca, com a diferença de que eram 14 pessoas aguardando vagas na UTI e 24 na Enfermaria. Na quinta-feira (3), os registros apontavam demanda de 43 leitos, 17 na UTI e 26 na Enfermaria.

O acompanhamento é feito diariamente pelo Governo do Estado e inclui diferentes regiões paranaenses. Considerando todos os municípios com hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Campo Mourão, Goioerê, Maringá, Paranavaí e Umuarama, que formam a chamada Macrorregião Noroeste, a fila de espera chegou a 217, entre casos suspeitos ou positivados, sendo 81 na UTI e 136 na Enfermaria.

Para se ter uma ideia, a Santa Casa de Paranavaí registrou 18 internamentos no período de 72 horas entre a tarde de sexta-feira passada e a manhã de ontem. No mesmo prazo, foram sete altas. Com isso, o hospital chegou à marca de 100% de ocupação de leitos na UTI e 81% na Enfermaria. Os novos pacientes têm como cidades de origem: Guairaçá, Paranavaí, São Carlos do Ivaí, Nova Londrina, Alto Paraná e Mandaguaçu.

Ainda dentro dessas 72 horas, seis pessoas que estavam internadas na Ala Covid-19 da Santa Casa de Paranavaí morreram. Pela ordem dos registros: uma mulher (76 anos) de Loanda, na sexta-feira; um homem (36 anos) de Tamboara, na sexta-feira; um homem (74 anos) de Paranavaí, na sexta-feira; um homem (54 anos) de Cidade Gaúcha, no sábado; uma mulher (31 anos) de Tuneiras do Oeste, no sábado; e uma mulher (42 anos) de Paranavaí, no sábado.

Entre os municípios da região de Paranavaí, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou 460 óbitos e 22.715 diagnósticos positivos da doença, atingindo incidência de 8.199 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. São Carlos do Ivaí, Paraíso do Norte e Porto Rico são os municípios do Noroeste do Paraná com maiores índices, proporcionalmente ao número de moradores. Se a população desses municípios chegasse a 100 mil, teriam, respectivamente, 13.569, 12.922 e 11.972 confirmações.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.