Destaque

O percentual era o principal ponto de divergência entre os presidentes das duas entidades sindicais

O percentual era o principal ponto de divergência entre os presidentes das duas entidades sindicais

Os sindicatos que representam patrões e empregados de Paranavaí, respectivamente Sivapar e Sindoscom, registraram o novo acordo coletivo, definindo o valor do piso salarial. O reajuste para os trabalhadores será dividido em duas vezes.

Índice de reajuste salarial será dividido em duas vezes. Parte terá valor retroativo
Foto: Arquivo DN

De acordo com o documento, o primeiro índice a ser aplicado é de 1%, com valor retroativo a junho deste ano e se estendendo até dezembro. A partir de janeiro de 2021, mais 1%, sem retroagir. Com isso, a correção salarial chegará a R$ 1.432,55.

O percentual era o principal ponto de divergência entre os presidentes das duas entidades sindicais. O representante dos lojistas, Edivaldo Cavalcante, defendia índice zero. A líder dos funcionários, Leila Vanda Aguiar, pedia 2,05%.

As negociações se arrastavam há meses, já que a Convenção Coletiva de Trabalho anterior teve vigência até 31 de maio. Com o novo documento, ficam definidas legalmente as regras para as relações entre as duas categorias, inclusive com o calendário comercial, que determina dias e horários de funcionamento das lojas.

Os termos do acordo coletivo foram divulgados na tarde de ontem nos sites dos dois sindicatos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.