Destaque

Comerciários de Paranavaí planejam fazer uma manifestação neste final de semana. O protesto seria para marcar o posicionamento contrário ao calendário proposto pela Associação Comercial e Empresarial (Aciap), com dias e horários de expediente. Desde terça-feira (18), a categoria está se mobilizando por meio de um abaixo-assinado online.

Na tarde de ontem, a mobilização pela internet reunia mais de 800 participantes. Mas não parou por aí, os trabalhadores também organizaram abaixo-assinados físicos e conseguiram o apoio de aproximadamente 100 pessoas ao longo da quarta-feira.

Os funcionários que se posicionaram contra a proposição dizem considerar a jornada de trabalho injusta, porque inclui expediente em 7 de setembro e 2 de novembro, respectivamente Dia da Independência e Dia de Finados. A categoria questiona, ainda, os horários estendidos durante dezembro.

Na terça-feira, a presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Paranavaí (Sindoscom), Leila Vanda Aguiar, disse que foi procurada pelos trabalhadores e garantiu apoio à iniciativa deles.

Debate gira em torno da sugestão de dias e horários de funcionamento do comércio
Foto: Arquivo DN

A assessoria de imprensa da Aciap afirmou que a falta de um calendário que beneficie os comerciários é culpa do próprio Sindoscom, que tem atrasado a promulgação do novo acordo coletivo com o Sindicato do Comércio Varejista de Paranavaí (Sivapar).

As duas entidades sindicais – Sindoscom e Sivapar – discordam no quesito reajuste salarial. Os empregados querem aplicação do índice de 2,05%, resultando em elevação de R$ 28,79. Os patrões são contrários a qualquer aumento e dizem que onerar a folha de pagamento provocará demissões.

Já a Aciap, ainda pela assessoria de imprensa, informou que não define o calendário comercial, apenas sugere. A decisão sobre dias e horários de funcionamento das lojas da cidade cabe aos sindicatos. O argumento foi questionado pelo Sindoscom. De acordo com a presidente, se não há homologação da Convenção Coletiva, a proposta de calendário comercial ainda não poderia ser divulgado.

Por telefone, o presidente do Sivapar, Edivaldo Cavalcante, afirmou que ontem estava em viagem e que se manifestaria nesta quinta-feira.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.