Cotidiano

Abertura em horário diferenciado começa nesta segunda-feira (7). Lojas atenderão das 9h às 17h

 A partir de segunda-feira (7), as lojas do Centro e dos bairros de Paranavaí terão horário diferenciado de funcionamento. O expediente estendido marca a temporada de vendas natalinas, sendo o principal período de vendas no ano. No entanto, a expectativa é de queda de 10% a 15% em relação ao ano passado.

Gerente-executivo da Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap), Carlos Henrique Scarabelli, avalia que a população está receosa de sair de casa, em virtude do aumento de casos positivos de Covid-19.

A intensificação da pandemia já havia garantido resultados negativos durante a Black Friday, que se consolidava como segunda melhor época para vendas no comércio, mesmo com a abertura das lojas em horário diferenciado durante três dias (26, 27 e 28 de novembro).

Scarabelli recomendou que os empresários tenham prudência e cautela e que criem estratégias de venda para atrair os consumidores. Assim, será possível amenizar os efeitos da crise sanitária e das dificuldades econômicos, “para poder fazer o melhor número possível e tentar chegar aos patamares do ano passado”.

Gerente de uma loja de confecções em Paranavaí, Juliana Mendes Bueno afirmou que alguns clientes estão antecipando as compras de Natal, para evitar os grandes fluxos de pessoas nos últimos dias.

Por enquanto, disse ela, as vendas estão caminhando normalmente e o otimismo é regra. “Sempre esperamos vender mais.” Mesmo assim, a análise de Juliana Mendes Bueno é que as medidas restritivas por causa da pandemia podem, sim, afetar o desempenho.

CALENDÁRIO COMERCIAL – A abertura do comércio em horário estendido foi definida a partir de uma série de negociações entre os sindicatos que representam patrões (Sivapar) e empregados (Sindoscom). O acordo coletivo estabelece regras para as relações trabalhistas, incluindo a jornada de trabalho.

Com o início da temporada natalina, as lojas de Paranavaí abrirão de segunda a sexta-feira das 9h às 22h. Aos sábados, expediente das 9h às 17h. No domingo que antecede o Natal, 20 de dezembro, o comércio funcionará das 9h às 17h. O horário será o mesmo na véspera do feriado, 24 de dezembro.

De 28 a 30 de dezembro, o expediente normal será retomado, das 8h às 18h. No dia 31, véspera de Ano Novo, as lojas atenderão das 9h às 15h. Não abrirão no dia 1º de janeiro de 2021, em virtude do feriado, nem no dia 2 de janeiro, compensação pela jornada de trabalho no dia 14 de dezembro, quando se comemora o aniversário da cidade.

TOQUE DE RECOLHER – Entrou em vigor na quarta-feira (2) o decreto do Governo Estadual que impõe toque de recolher em todo o Paraná. O documento restringe a circulação de pessoas em espaços públicos das 23h às 5h, em virtude do aumento no número de casos de Covid-19.

Levando em conta que as lojas de Paranavaí permanecerão abertas até 22h, o gerente-executivo da Aciap disse que os empresários estão sendo orientados a liberar os colaboradores a tempo de chegarem em casa antes das 23h. A dica é organizar o estabelecimento durante o dia, para que o trabalho não fique acumulado ao final da noite.

Para Scarabelli, manter o horário estendido – mesmo com os recordes de números de Covid-19 nas últimas semanas – é uma estratégia prudente. Na avaliação dele, a medida é “colaborativa para evitar aglomerações”, já que distribui o fluxo de consumidores ao longo do expediente comercial.

DECORAÇÃO NATALINA – No dia 26 de novembro, a Prefeitura de Paranavaí anunciou o cancelamento da decoração e da programação de Natal deste ano. A decisão foi baseada na necessidade de evitar o agrupamento de pessoas, reduzindo os riscos de transmissão do coronavírus.

Na ocasião, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Emanuel Rodrigues, destacou que “optamos por uma ação mais segura e que tem como principal objetivo preservar a vida das pessoas”. Disse também que “estamos em um ano atípico de não podemos incentivar aglomerações”.

Na opinião do gerente-executivo da Aciap, a decisão não deverá interferir negativamente no desempenho do comércio. É que em anos anteriores, as atividades promovidas pela Administração Municipal se concentraram na Praça dos Pioneiros, portanto, mais distante do núcleo comercial da cidade.

Com o cancelamento da programação, as pessoas se deslocarão diretamente para as lojas e concentrarão “suas atenções mais no comércio do que na decoração”, afirmou Scarabelli. Além disso, a medida garante que não haja aglomerações de pessoas na Praça dos Pioneiros, o que “colabora para o momento que a gente está passando” disse.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.