Economia
Kelly Oliveira
Da Agência Brasil 
O Banco Central (BC) estuda medidas para estimular a educação financeira no país. Uma das ideias seria juros menores no crédito para quem participar de programas de educação financeira, afirmou ontem (16) o presidente do BC, Roberto Campos Neto, em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional.
“Criatividade e tecnologia são bem vindas para ajudar a aumentar a educação financeira no país “, disse Campos Neto.
Para Campos Neto, ao melhorar a educação financeira da população, haverá menor endividamento.
Segundo o presidente do BC, há um grupo de trabalho analisando medidas para melhorar a educação financeira no país.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.