Esporte
Capitão da Seleção Brasileira nos amistosos contra Panamá e República Tcheca, Casemiro completou em janeiro seis anos de Real Madrid. Em entrevista ao jornal Marca, da Espanha, o volante relembrou seus passos no clube merengue até aqui.
O jogador comentou sobre a experiência de ter sido treinado por José Mourinho, nos primeiros dias no Real e, posteriormente, por Zidane, quando faturou três edições da Liga dos Campeões sob a batuta do ídolo madrilenho.
“Eu me lembro que durante a palestra que tivemos, ele (José Mourinho) me contou tantas coisas boas sobre o meu futebol, me deu tanta confiança, que entrei em campo achando que era o melhor do mundo. Foi o principal motivo de eu ter ido tão bem”, disse Casemiro.
Com a demissão de Mourinho, Zidane assumiu o comando do Real Madrid. Foi quando Casemiro começou a se tornar um dos pilares da equipe. “Ele (Zidane) é um ícone do clube, tanto como jogador, quanto como técnico. Para nós do elenco, ele nunca havia ido embora. Claramente ele sofreu muito com a partida e é por isso que voltou”, afirmou o volante, completando ao relembrar do seu primeiro dia em Madrid:
“As pessoas não me conheciam. Havia apenas um jornalista no aeroporto e também uma pessoa do clube que me levou para um hotel perto do Bernabéu. Recordo dos pensamentos que tive de em um dia triunfar por aqui. Sempre relembro daquela manhã, para não esquecer de onde vim, onde estive antes”.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.