Amadorismo
O São Lucas/Cresol teve um empate com gosto de derrota e rebaixamento na noite de terça-feira, 10, em Paranavaí. O time enfrentou a equipe de Palmas e empatou em 4 a 4, pelo Paranaense de Futsal da Chave Ouro.
O jogo foi da 24ª rodada, que teve ainda Marreco 2×6 Ampére, Foz Cataratas 2×2 Marechal Rondon, Pato Futsal 3×0 Cascavel.
O confronto de desesperados aconteceu no Ginásio Lacerdinha. O São Lucas tentando somar três pontos e Palmas com o mesmo objetivo para fugir das últimas colocações.
O primeiro tempo terminou com a vitória de virada do São Lucas por 3 a 2, em jogo de média movimentação. No segundo tempo, Palmas começou a pressão para empatar, tanto que o gol saiu com a ajuda do goleiro linha. 
O São Lucas abusou de perder gols. Quando o jogo estava nos segundos finais, Palmas virou o placar e o São Lucas ainda achou o gol de empate. 
Um lance polêmico, quando o placar estava zerando. A equipe visitante marcou o quinto gol, mas a arbitragem anulou, alegando que o jogo já estava encerrado. 
O São Lucas está rebaixado matematicamente para a Chave Prata de 2020, pois só tem sete pontos e dois jogos a disputar (6 pontos), o time de Palmas agora soma 14 pontos (sete a mais que o São Lucas), e tem ainda três jogos em casa. Em 2020 o time de Paranavaí disputará a Chave Prata. 
O tradicional São Lucas de Paranavaí volta a atuar na terça-feira, 17, em Umuarama. Hoje jogam Campo Mourão e Dois Vizinhos. No sábado: Cascavel x Ampére, Matelândia x Toledo, Palmas x São José.
 “Infelicidade nossa, mais uma vez perdemos muitos gols, tivemos chances de matar o jogo, conseguimos a virada. Faltou capacidade nossa para aproveitar as oportunidades que criamos. Nada dá certo, trabalhamos com afinco dia a dia e nada acontece a nosso favor”, resumiu o jogador Léo, ala do São Lucas.
Já para o técnico Carlos Giuliano, o ano inteiro foi muito parecido. O São Lucas tentou corrigir os problemas durante a competição. “Nos jogos, temos chances de definir e o time não aproveita. Agora é ter tranquilidade, se reestruturar, pensar no futuro com calma e tranquilidade. Em 2018 já tinha sido difícil, como caia só uma equipe, ficamos mais um ano na Chave Ouro”, resumiu.
 “Infelizmente o time caiu. Desde os 14 anos de idade eu tenho acompanhado o futsal em Paranavaí e principalmente o São Lucas. É uma pena para nós torcedores que gostamos do futsal”, diz o sócio-torcedor Antônio Ricardo de Lima, 55 anos, sintetizando o sentimento de quem acompanha o esporte na cidade.
Árbitros: Janderson Lugli e Adenilson Gregório
Anotadora: Shirley Terezinha Antunes
Cronometrista: Tairine Pereira Cardoso
Gols: Matheus (P) a 1min37seg, Lucas (P) aos 3min40seg, Léo (SL) aos 4min41seg e aos 9min54seg, Caio (SL) aos 18min14seg, do primeiro tempo. Renan (P) aos 16min55seg, Matheus Pereira (P) aos 19min18seg e Wellington (SL) aos 19min56seg, do segundo tempo. 
Equipes:
São Lucas/Cresol – José Mateus, Igor, Marcinho, Léo, Léo Silva, Wellington, Renan, Mateus, Caio, Thiago e Samuel; técnico Carlos Giuliano da Silva.
Palmas: Jaime, Renan, Aparecido, Matheus Ferreira, Matheus Henrique, Lucas, Caio, Ronaldo, Willian, Ronison e Alex; técnico André Antônio Bueno. 
Classificação
1º Pato Futsal 59
2º Marechal Rondon 49
3º Campo Mourão 48
4º Foz Cataratas 45
5º Cascavel 45
6º Marreco 43
7º Umuarama 37
8º Dois Vizinhos 36
9º Toledo 26
10º Ampére 25
11º São José 15
12º Palmas 14
13º Matelândia 13
14º São Lucas/Cresol 7

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.