Esporte
Da Redação
Neste domingo tem a última rodada da 1ª fase do Paranaense da 2º Divisão e o Atlético de Paranavaí vai tentar obter passagem para a segunda fase ao mesmo tempo evitar o rebaixamento para a 3ª Divisão.
O lateral Pará, 24 anos, lamenta a situação, com o time perdendo quatro pontos no TJD, ficando na iminência de ser rebaixado. “A gente vem para cá em busca de coisas boas, a cidade não merece isso. O Paranavaí é um clube que tem uma história bonita no cenário paranaense, mas vamos tentar fazer o possível para deixar o time onde pegamos, mas primeiramente temos que vencer o REC, que foi o foco da conversa do grupo”. 
Neste domingo, o Vermelhinho joga em Rolândia contra o REC e não contra o Nacional, como divulgado ontem. Aquela cidade tem duas equipes na Segundona.
“Agora não há o que lamentar, temos neste domingo um jogo importante. Infelizmente não depende só da gente para obter a classificação”, falou Pará. 
Para evitar a degola, o Paranavaí precisa vencer o REC e depois torcer por tropeço do Apucarana, que joga contra o lanterna Iraty. Outra possibilidade, é o Vermelhinho vencer o REC e o Prudentópolis perder para o Nacional.
O Vermelhinho foi punido por relacionar 16 jogadores sem registro na 1ª rodada. “A gente vem comentando no grupo, que nós fizemos nossa parte. Independente da situação, todos sabemos que era para a gente estar classificado para a segunda fase, mas aconteceram algumas coisas extracampo que nos colocou nessa situação”, disse o meia Diego Pires, 23 anos. “Dentro de campo o time tem mostrado bom futebol”, frisou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.