Esporte
VALDINEI FEITOSA
Duas derrotas seguidas, por 4×0, provocaram mudança no comando técnico do Atlético de Paranavaí. Sai o investidor Marcos Melo entra o investidor Adriano Kanaã. Tudo em casa, afinal, o investidor Kanaã acumulava o cargo de diretor de Futebol e de auxiliar técnico.
Kanaã informou à reportagem do Diário do Noroeste que a mudança foi acertada anteontem numa reunião com a direção do Vermelhinho, no caso Francisco Carneiro, que responde pelo clube. 
“Todos acharam melhor fazer essa mudança, inclusive foi pedido do próprio Marcos Melo, para ele ficar mais afastado e mexer com a parte administrativa, foi uma decisão tomada de comum acordo”, explicou o novo treinador, que fala em respeitar o Iraty, adversário do Vermelhinho na tarde desta quarta no Estádio Waldemiro Wagner (15h30). 
O Iraty ainda não somou ponto no Paranaense da 2ª Divisão, logo, o time de Paranavaí é favorito disparado para vencer. Mas Kanaã projeta o confronto de outra maneira.
“Qualquer adversário que você for enfrentar, é onze contra onze, tem que ter respeito. Vamos impor nosso ritmo, precisamos da vitória, temos que continuar sonhando na competição. Vamos vencer e repetir a dose em Rolândia, sempre dizendo que será uma batalha de cada vez”. 
O time de Paranavaí precisa vencer seus dois próximos jogos – hoje, contra o Iraty, e depois o REC, em Rolândia, para tentar obter vaga na segunda fase.
Isso, se o Vermelhinho não perder pontos no TJD. O clube estava na pauta de julgamento de ontem à noite, cuja sessão não tinha hora para terminar. O Paranavaí estava sendo julgado por utilizar jogador sem registro na 1ª rodada.
MARCOS MELO – Marcos Melo deixa o comando técnico do Atlético de Paranavaí após duas vitórias, dois empates e três derrotas. Sai do banco de jogo, vai para o banco administrativo, já que é um dos investidores do clube neste ano.
“Eu julguei que um fato novo poderá contribuir para o sucesso nos dois jogos finais desta fase, achei por bem promover o Adriano como técnico. Fiz o que pude, desde o início não tive a equipe completa à minha disposição em função de problemas de registros e lesões, mas fizemos oito pontos. Agora, fora de campo, assumo a função executiva de diretor de futebol”, explicou Marcos Melo sobre sua saída. “Continuo no clube”, frisou.
FABRÍCIO – O zagueiro Fabrício também defende respeito ao Iraty na tarde desta quarta. “Nenhum jogo pode ser considerado como fácil, mesmo sendo o Iraty, já rebaixado. Com certeza eles deverão entrar fortes e com vontade de pelo menos vencer um jogo, então não será fácil”.
Vale citar o número de gols marcados pelo Iraty: 3 em 7 jogos. Mas o ataque do Paranavaí é o segundo pior do campeonato: só marcou 5. Por outro lado, a defesa do Iraty é uma avenida aberta: sofreu 26 gols, o dobro da equipe de Paranavaí, que sofreu 13.
Fabrício não vê problemas na mudança do treinador. “O Marcos Melo era o técnico e o Adriano dava palpite. Os dois estavam sempre juntos, e dessa forma também deverá ser agora, daqui pra frente”, frisou o zagueiro.
Ele espera apoio da torcida. “Que a torcida venha apoiar, tem uns e outros que criticam, mas a maioria apoia. São as mesmas figurinhas carimbadas que corneta a gente”. (Colaborou: José Carlos Avelar)
Atlético de Paranavaí x Iraty
8ª rodada do Paranaense da 2ª Divisão. Data: 1º/05/2019. Local: Estádio Dr. Waldemiro Wagner, em Paranavaí. Horário: 15h30. Árbitro: Jeferson Fernando Ribeiro (Rolândia) Assistentes: Fábio Ferreira Santiago (Querência do Norte) e Vinícius Martinelli Gomes (São Pedro do PR). Delegado – Otávio César Landim (Nova Esperança).
Provável time do Paranavaí: Guilherme Andrei; Alan, Hiago, Fabrício e Lucas Baldino; Menghini, Asa, Pará e Lucas Sergipe; Alex e Léo Assis.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.