Amadorismo
VALDINEI FEITOSA
Há muito tempo o time do São Lucas, agora patrocinado pela Cooperativa Cresol, não tinha um início tão ruim de campeonato. São quatro derrotas em quatro jogos no Paranaense de Futsal da Chave Ouro.
Mas a idéia é reverter a situação a partir de amanhã, quinta, quando o São Lucas recebe o Matelândia. O time de Paranavaí quer dar início à sua reação e nada melhor do que jogar em casa, com o apoio da torcida.
Por isso, a direção decidiu colocar preço único de R$ 10 no ingresso, informou ontem o diretor Nivaldo Mazzin. Apesar de ser véspera de feriado, o dirigente acredita no apoio da torcida para ajudar o time a tentar sua reação.
Neste início de campeonato, o São Lucas perdeu para dois times de ponta – em Francisco Beltrão, para o Marreco (6×3) e para Marechal Rondon (6×0) – e para outros dois que o time poderia somar pontos – para Dois Vizinhos (6×2) em casa, e em São José dos Pinhais (8×5).
Há aqui um elevado número de gols sofrido (26), mas deve ser levado em conta que nos instantes finais de jogo tem sido regra o técnico Carlos Giuliano utilizar o chamado goleiro-linha. Este esquema pode ser definido como “matar ou morrer” que, no caso do São Lucas, não tem dado sobrevivência. Em São José dos Pinhais, o São Lucas perdia de 6×5 e então foi lançado mão do goleiro-linha. O time sofreu mais dois gols em contra-ataques.
Nivaldo Mazzin lembra que o elenco teve incorporado mais alguns atletas e o rendimento vai melhorar. “Vai vir a primeira vitória agora”, reagiu o dirigente.
Quem quiser comprar ingresso para o jogo de amanhã às 20h30, contra Matelândia, estão à venda a partir de hoje nos seguintes locais: Capel, Ginásio Lacerda Braga, Padaria Goumert, 3G Celulares e com o Edson (Neguinho) de Oliveira, no Bradesco.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.