Esporte
VALDINEI FEITOSA
Depois de duas vitórias e um empate, esperava-se mais do Atlético de Paranavaí, mas o Vermelhinho caiu no confronto contra o líder Independente, por quem foi goleado ontem à tarde: 4×0. O invicto time de São José dos Pinhais segue na liderança do Paranaense da 2ª Divisão, agora com 14 pontos. O Paranavaí tem 8.
As horas que anteciparam este jogo não foram favoráveis ao time de Paranavaí. A delegação embarcou anteontem à tarde e quando estava em Ponta Grossa, o ônibus apresentou problemas, isso por volta das 22h30. O socorro, um novo ônibus, só chegou às 4h de ontem, informou um integrante da comissão, por isso a delegação chegou ao hotel por volta das 7h.
Ou seja, os atletas tiveram uma viagem cansativa e enfrentaram uma equipe que se apresenta como favorita ao título da competição. O Independente foi soberano no jogo disputado no Estádio do Pinhão. E o time atleticano levou pouco perigo ao gol do adversário. No primeiro tempo já perdia por 2×0. 
Os atletas do Paranavaí, Léo Assis (meia) e Guilherme Andrei (goleiro) receberam elogios da imprensa presente ao Estádio. Os gols do Independente de São José dos Pinhais foram assinalados por Willian Henrique, Lucas Marques e Eric (2).
O técnico Marcos Melo utilizou estes atletas: Guilherme Andrei; Allan (Menghini), Fabrício (Michael), Hiago e Fabinho; Nathan (Calebe), Lucas, Léo Assis e Welker; Alex Santos e Capão.
DOMINGO EM CASA – A delegação atleticana só deve embarcar de retorno a Paranavaí nesta quinta-feira, esperando o conserto do ônibus. No domingo, o Vermelhinho joga em casa, recebendo o PSTC.
PREOCUPAÇÃO – Profissionais da emissora de rádio que transmitiu o jogo de ontem informaram que o Atlético de Paranavaí poderá ser punido pelo TJD por problemas no primeiro jogo, contra o Batel (empate em 0x0). A direção não conseguiu liberar no BID da CBF a listagem de atletas, apresentando ao representante do jogo apenas a identidade dos jogadores. A pena é perda de até seis pontos. 
Um representante do Vermelhinho disse desconhecer essa informação. Na época, o presidente Francisco Carneiro informou que a Federação Paranaense tinha conhecimento do problema e autorizou a apresentação das carteiras de identidade dos atletas.
O clube de Paranavaí tem um outro problema: Foi denunciado no TJD por não indicar oficialmente à FPF o seu primeiro e segundo uniformes, até 15 dias antes do início da competição. Julgado, o clube foi punido com multa de R$ 400. (Colaborou: José Carlos Avelar)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.