Esporte
VALDINEI FEITOSA
Mau resultado. O Atlético de Paranavaí perdeu para o Nacional de Rolândia, 3×1, jogo disputado ontem à tarde no Estádio Waldemiro Wagner. Aliás, em dois jogos em casa nesta abertura do Paranaense da 2ª Divisão, o Vermelhinho somou apenas um ponto (empate com o Batel, no domingo). 
Perder pontos em casa não é bom negócio levando em conta que a 1ª fase da Segundona é disputada em turno único – são nove rodadas apenas. Ainda bem que apenas dois caem para a 3ª Divisão.
E ao perder, ontem, o técnico Marco Melo disse em entrevista ao Diário do Noroeste da dificuldade em colocar um time em campo. Ontem ele tinha à disposição apenas 14 jogadores e um estava contundido e outro era goleiro. O clube ainda não conseguiu regularizar mais atletas.
O curioso da reclamação de Marcos Melo é que ele é anunciado pela diretoria como um dos investidores do clube neste ano. “A gente tinha apenas duas opções (no banco), e o mais difícil é você treinar um time e ter que colocar outro. Tive que improvisar laterais, atletas da base só fizeram um treino”, lamentou o técnico.
Analisando o desempenho do time, atribuiu a “falhas individuais” dois dos três sofridos. “E um de pênalti bobo, no momento em que estávamos melhores no jogo, e tivemos a dificuldade em fazer o gol, até por falta de opções para mudar o jogo. Espero que para domingo possamos ter todo o elenco à disposição”.
O time de Paranavaí joga domingo à tarde em Prudentópolis, que ganhou os pontos do jogo que faria com o Iraty nesta quarta.
No confronto de ontem no WW, o Atlético de Paranavaí apresentou um jogo fraco, assim como o adversário. Mas o Nacional aproveitou as chances dadas pelo setor defensivo do Paranavaí, marcando dois gols na primeira etapa.
No segundo tempo, o time de Paranavaí melhorou um pouco, mas foi incompetente nas finalizações. Final: 3×1 para o visitante.
No geral, o que se viu foi um time sem padrão de jogo. “Posso falar tranquilamente que se a gente tivesse com o elenco completo, não perderia esse jogo. O Nacional veio com a proposta de jogar por uma bola, e fomos incompetentes na finalização, novamente”, frisou Marcos Melo.
Colaboração – José Carlos Avelar 
FICHA TÉCNICA
Atlético de Paranavaí 1×3 Nacional (Rolândia)
Jogo da 2ª rodada da 2ª Divisão do Paranaense/2019. Local: Estádio Waldemiro Wagner, em Paranavaí. Data: 10/04/2019. Gols: Lucas (NAC), aos 32 e 36 min, Diego (PAR) aos 44 min. do 1º tempo. Mateus (NAC) aos 40 min. do 2º tempo.
Cartão amarelo: Diego, Natan e Lázaro (PAR), Ewerton (NAC). Árbitro: Rodrigo Aparecido Pereira. Assistentes: Marcelo de Oliveira e Marcos Aparecido Roberto. Delegado: Otávio César Landim. Público: 76 pagantes. Total: 200. Renda: R$ 760,00.
Equipes:
Paranavaí – Romero; Diego, Hiago Fabrício e Lázaro; Aza, Natan (Felipe), Keilson e Tibagi; Tche Tche e Michael (Victor Hugo). Técnico: Marcos Melo.
Nacional: Thiago; Weslen, Matheus Santos, Dener e Helton (Mateus); Ewerton, Lucas (Tiago), Caique (Romão) e Josemar; Romário e Luiz Carlos. Técnico: Vavilson José dos Santos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.