Local
A Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (ACIAP) foi destaque durante o Workshop de Entidades e Parceiros da Associação Comercial do Paraná (ACP), realizado em Guaratuba. A entidade foi contemplada com o Troféu “Vender é Nossa Praia” por ter tido o melhor desempenho na venda de serviços de inteligência empresarial”.
“Ficamos em primeiro lugar”, comemora o gerente executivo da ACIAP, Carlos Henrique (Kaká) Scarabelli. Ele explica que “esse resultado de vendas se refere aos serviços do Acerta, que é a inteligência analítica de Pessoa Física; Define, que é o mesmo serviço, mas direcionado à Pessoa Jurídica; Marketing Service, que são os leads e prospecção de cliente; e carta registro, que trata da cobrança inteligente e controle de inadimplência”. Os resultados são do primeiro trimestre deste ano.
“O reconhecimento é fruto do competente trabalho desenvolvido pela equipe da ACIAP com os nossos associados. Hoje, nossos colaboradores atuam como consultores empresariais aos nossos associados e oferecem as melhores soluções de gestão para aperfeiçoar e desenvolver os seus negócios”, diz o presidente Maurício Gehlen. O workshop da ACP foi realizado de quarta a sexta-feira da semana passada.
Scarabelli diz que a Associação disponibiliza aos associados “o melhor banco de dados de análise de crédito e de inteligência empresarial do mercado que é o Boa Vista Serviços. Os associados que estão utilizando estas ferramentas melhoraram significativamente o controle de inadimplência, a análise de concessão de crédito e até na prospecção de clientes”.
SERVIÇOS DE MKT – Conhecida tradicionalmente na análise de dados de Pessoa Física e Pessoa Jurídica e nos serviços de cobrança, a ACIAP se destacou também pelo Marketing Services. “Tivemos excelentes experiências no fornecimento de leads para ações estratégicas de empresa para marketing e prospecção de clientes. Nossa base de dados é enriquecida e a mais atualizada do mercado. Conseguimos informações de clientes PF e PJ com contato (endereço, telefone, e-mail etc) e segmentado por renda, faixa etária e até por georreferenciamento”, diz Scarabelli.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.