Local
REINALDO SILVA
As negociações para o fechamento da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) estão bem adiantadas. Foi o que afirmou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Paranavaí (Sivapar), Edivaldo Cavalcante. Segundo ele, faltam apenas alguns pontos para serem definidos.
A CCT é o documento que estabelece regras para as relações trabalhistas. Os itens são determinados a partir de propostas e contrapropostas feitas por comerciários e comerciantes. Constam, por exemplo, os valores salariais e os dias e horários de abertura das lojas.
O primeiro passo para a elaboração da CCT é a assembleia dos trabalhadores, dirigida pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Paranavaí (Sindoscom). As reivindicações são avaliadas pela classe patronal, dando início efetivamente às negociações.
De acordo com o presidente do Sivapar, algumas questões pontuais precisam ser acertadas para que o documento seja concluído. Ele citou a jornada de trabalho de uma loja de departamentos, os horários de funcionamento do shopping e uma data específica que precisa ser alterada no calendário comercial.
Resolvidas essas situações, a CCT será assinada por Cavalcante e pela presidente do Sindoscom, Leila Vanda Aguiar. O documento terá valor retroativo a 1º de junho de 2019, ficando vigente até 31 de maio de 2020.  Expectativa é que o fechamento das negociações se dê nos próximos dias.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.