Local
Não existe briga em boa hora. Mas, algumas são definitivamente inoportunas. Foi o que aconteceu no começo da madrugada de ontem com um casal paranavaiense. Homem e mulher estavam em um veículo com outras duas pessoas e resolveram descer para tirar a diferença, quando depararam com uma equipe da Polícia Militar.
A história foi assim: o carro seguia pela Rua Geraldo Longo, Jardim São Jorge de Paranavaí, pouco depois da meia noite. Em determinado momento, o carro parou e o casal desceu, iniciando a briga.
Então, os policiais foram ver o que acontecia e receberam a seguinte mensagem: “Não se metam. É uma briga de casal”. A equipe constatou que os dois estavam aparentemente embriagados. 
O motorista foi convidado a soprar o bafômetro (etilômetro), porém, se recusou. Outro ocupante tentou argumentar que estava na direção do carro, mas, não colou, pois o condutor tinha sido visto antes. 
Então, como prevê a legislação em vigor, o motorista foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, devendo responder por embriaguez ao volante (crime de trânsito). 
A mulher também se exaltou e teria xingado os policiais em serviço. Por conta disso, igualmente teve que prestar declarações. Já o carro acabou recolhido ao pátio do Detran.
AGRIDE A MULHER – No começo da noite desta segunda-feira, o convivente de uma mulher moradora na Rua José de Alencar, Jardim São Jorge, chegou em casa embriagado e resolveu agredi-la. 
Conforme os registros, ele usou uma corrente para bater na mulher. Ela então pediu ajuda da Polícia Militar. O homem, convivente da vítima, deu um jeito de fugir antes da chegada da PM. Ela foi orientada a formalizar a queixa.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.