Local
A Polícia Civil desvendou a autoria dos dois homicídios ocorridos no dia 19 de maio deste ano. O primeiro teve como vítima o adolescente Caio Vinicius dos Santos Silva (17 anos) e aconteceu no Jardim Morumbi. O segundo homicídio aconteceu no Conjunto Geraldo Felipe, tendo como vítima Pedro Henrique dos Santos Pessete, 19 anos.
Após as mortes, a Polícia Civil iniciou as investigações com o levantamento de locail de crime e depoimento de testemunhas, além de várias diligências. Com isso, esclareceu autoria e motivação dos crimes, confirma o delegado-chefe da 8ª Subdivisão Policial de Paranavaí, Luiz Carlos Mânica. 
De posse das informações, detalha, foi requerido mandado de prisão temporária do autor do homicídio de Caio Vinicius dos Santos Silva e a intimação do adolescente suspeito do homicídio de Pedro Henrique dos Santos Pessete. Os suspeitos fugiram da cidade. 
Na tarde do dia 09 de julho (segunda) estes dois suspeitos foram abordados por Policiais Militares da Cidade de Euclides da Cunha – SP.  Diante o mandado de prisão em aberto contra um deles, ambos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Paranavaí.
Em seu interrogatório o adolescente (16 anos) confirmou a autoria do homicídio de Pedro Henrique dos Santos Pessete. Alega que cometeu o crime porque estaria recebendo ameaças de morte por parte da vítima. 
Com relação ao autor do homicídio de Caio Vinicius dos Santos Silva, a polícia aguarda a nomeação de um advogado para a tomada de seu interrogatório.  
Terminada esta fase da investigação o inquérito policial será remetido ao Poder Judiciário com uma nova representação por prisão preventiva do maior de 18 anos e permanência da apreensão do menor. O maior permanece detido à disposição da Justiça e o menor foi encaminhado ao Cense (Centro de Socioeducação). Ambos responderão por homicídio qualificado, com pena máxima de três anos de internação para o adolescente e 20 anos de prisão para o maior preso.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.