Local
REINALDO SILVA
Estudantes da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus de Paranavaí, farão nova assembleia nesta sexta-feira (12) para definir os rumos da greve. Eles discutirão os resultados da reunião realizada na tarde de anteontem com o superintendente estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona.
O acadêmico Heitor Osteti Furtado participou da conversa e informou que o Governo do Estado avaliará as reivindicações apresentadas pelos estudantes. A pauta inclui a realização de concurso público para a contratação de professores e agentes universitários e a convocação de profissionais aprovados em processo seletivo.
De acordo com o diretor do campus de Paranavaí, Edmar Bonfim de Oliveira, o déficit é de 36 docentes e 46 agentes universitários. Atualmente, grande parte dos serviços administrativos é desempenhada por estagiários, já que nem todos os setores dispõem de recursos humanos suficientes.
A situação levou os estudantes a iniciarem a greve e ocuparem o campus na semana passada, depois de decisão tomada em assembleia com mais de 500 pessoas. Na última segunda-feira (8), os professores e agentes universitários manifestaram apoio ao protesto ao suspenderem o calendário acadêmico por tempo indeterminado.
NA TERÇA-FEIRA – A reunião realizada na terça-feira (9), em Guarapuava, com representantes do comando de greve da Unespar de Paranavaí também teve a participação do reitor Antônio Carlos Aleixo e de acadêmicos dos campi de Campo Morão e União da Vitória.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.