Local
Continuavam internados ontem, em estado grave, os dois homens (irmãos) que sofreram queimaduras no incêndio na casa em que moravam. A mãe deles, Jovecina Soler Sandoval, de 88 anos, morreu carbonizada.
O incêndio foi na noite de anteontem, na Rua Pedro Miranda, no Jardim Ouro Branco. A casa de madeira foi totalmente consumida pelo fogo, por volta das 24h.
Os irmãos Pedro Pereira Sandoval (60 anos) e Reginaldo Pereira Sandoval (56 anos) continuavam internados na UTI da Santa Casa de Paranavaí devido as queimaduras sofridas. Ambos estavam entubados e com respiração mecânica. 
“Os dois casos são graves, mas no mais velho os sinais vitais demonstravam uma maior gravidade”, disse o tenente do Corpo de Bombeiros, Guilherme Costa Brischiliari, que combateu o fogo e ajudou no socorro às vítimas.
Já a mãe morreu carbonizada. Testemunhas relataram que os filhos tentaram socorrer a idosa, mas as chamas não permitiram o resgate, causando as queimaduras que acabaram comprometendo a saúde de ambos. 
Uma informação que circulou ontem era de que a mulher teria saído da casa, mas voltou na tentativa de salvar um cachorro. Então, um dos filhos tentou o resgate, mas não conseguiu. Ele teve 60% do corpo queimado.
A Polícia Cientifica esteve no local para tentar saber a possível causa do incêndio. Nenhuma hipótese é descartada pelos policiais, mas a princípio foi um acidente. A casa era de madeira.
Estiveram envolvidos no combate ao incêndio seis bombeiros, ambulâncias e os caminhões. “Tivemos também ajuda de dois bombeiros que estavam de folga e atenderam ao chamado”, destacou o tenente Guilherme. A ocorrência também contou com apoio da Polícia Militar.               

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.