Local
Foi com muita satisfação que voluntários do grupo APRA receberam 500 kg de ração para gatos e cachorros nesta sexta-feira (07) em Paranavaí. A doação foi feita pelo empresário Valdemar Delatorre, que sensibilizado pelo trabalho do grupo, resolveu lançar uma campanha em suas redes sociais. Quase mil pessoas participaram da ação e conseguiram atingir o objetivo de arrecadar os 500 kg  de ração animal.
Durante a entrega, membros da entidade agradeceram a ajuda e disseram que essa doação representa mais de um mês de mantimentos para os animais que estão sob seus cuidados. “Nós temos aproximadamente 60 voluntários que fazem parte do grupo e que acolhem temporariamente em suas próprias casas os animais resgatados das ruas. Muitas vezes nós precisamos tirar dinheiro do próprio bolso para compra ração e medicamentos. Por isso uma ajuda como esta é sempre muito bem-vinda”, disse o voluntário Paulo Wilson Garrido. 
O que é a APRA?  A APRA é um grupo de voluntários que recolhe e trata animais abandonados nas ruas de Paranavaí. Atualmente são mais de 200 animais acolhidos. A voluntária Iraci Passos explica: “Os voluntários abrigam os animais que nós recolhemos das ruas, muitos com doenças graves. Nós fazemos o tratamento, castramos e depois encontramos uma família que queira adotar responsavelmente o animal”. Para encontrar um novo lar para esses animais, o grupo APRA faz divulgações nas redes sociais e periodicamente realiza feiras de adoção. Iraci afirma ainda que o grupo apoia a posse responsável desses animais, pois segundo ela “existem casos em que a pessoa faz a adoção e depois se arrepende, e acaba jogando o animal novamente na rua”.
Abandono nas ruas – os voluntários dizem que o problema em Paranavaí é grave e que existem muitos casos de maus tratos. “Essa semana mesmo teve um caso de uma mulher que jogou um filhote de cachorro dentro de um bueiro! E o filhote só foi resgatado porque uma pessoa viu ela jogando e avisou a rede de proteção”, disse a voluntária Regina Cachuba. Ela continua, afirmando que casos como este são corriqueiros na cidade. “Naquela estrada perto do aeroporto encontramos, semana passada, seis filhotes abandonados. Eles estavam quase morrendo de fome e de sede. Então dá para perceber que as pessoas não têm consciência de suas responsabilidades sobre a vida desses animais”. 
Políticas públicas – O empresário Valdemar Delatorre salienta que é importante o município ter uma legislação específica sobre o assunto. “O animal na rua traz doenças, riscos de acidentes, então nós deveríamos ter um incentivo melhor das autoridades para poder diminuir essa população. Graças ao trabalho desses voluntários e de outras entidades, como a Sociedade Protetora dos Animais de Paranavaí (SPAP), esse problema é tratado de forma adequada. Mas o município poderia dar mais atenção à essa causa”.
Castração – Para os voluntários do grupo APRA, uma das soluções para diminuir a população de animais nas ruas de Paranavaí é a castração. Como o serviço custa caro, aproximadamente 600 reais por animal, eles fazem bingos e bazares de roupas para pagar as despesas com a castração e medicamentos. E pedem ajuda das autoridades. “Primeiro é preciso colocar em votação o projeto de castração. O município ganhou recursos do governo para adquirir um castramóvel, mas não é só isso. Não adianta trazer esse equipamento e não ter profissionais para trabalhar nele”, explica Regina. 
Denúncia – qualquer pessoa que presenciar cenas de abandono de animais pode fazer uma denúncia pelos telefones 153, da Guarda Municipal, ou 156 da Ouvidoria. “Mas é importante registrar tudo para ter provas. Seja uma foto com a placa do carro ou um vídeo, é essencial para denunciar quem comete esse crime”, finaliza Paulo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.