Local
REINALDO SILVA
Um grupo de profissionais técnicos, produtores rurais e representantes da sociedade civil se uniu para levantar informações sobre a agropecuária de toda a região Noroeste do Paraná. O objetivo é apontar necessidades e perspectivas que embasarão o Projeto Irriga Paraná, lançado no dia 12 de setembro em Paranavaí. 
Chefe do núcleo regional da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab), o pesquisador Ênio Luiz Debarba disse que a comissão apresentará um dossiê sobre as condições que o setor produtivo enfrenta, para que as ações do Governo do Estado tenham resultados positivos.
O grupo voltará a se reunir na sexta-feira (27) e retomará as avaliações sobre o agronegócio na região. É formado por integrantes das redes governamentais de assistência ao produtor rural e de empresas privadas. De acordo com os participantes da comissão mista, os trabalhos técnicos serão essenciais para que o Irriga Paraná obtenha sucesso.
A ideia do projeto do Governo do Estado é estimular o uso eficiente da irrigação, solucionando grande parte dos problemas enfrentados por agricultores e pecuaristas, considerando, principalmente, as condições do solo arenoso do Noroeste do Paraná. 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.