Local
Assessoria Prefeitura
Quatro dos seis grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, ainda estão com a vacinação abaixo da meta estipulada de 95% do público alvo em Paranavaí. O grupo das gestantes é a principal preocupação neste momento, já que a
campanha está no fim e ainda faltam mais de 200 mulheres grávidas para se vacinar contra a gripe. A Campanha termina na dia 31 de maio e não há previsão de extensão de prazo.
“A vacinação de alguns grupos prioritários continua abaixo do esperado. É o caso das gestantes, que está com o índice de cobertura em 76%. Muitas que fazem o acompanhamento do pré-natal particular ou através dos planos de saúde, acham que não
precisam receber a vacina do SUS. Mas as temperaturas já estão mais baixas e com previsão de mais frio para as próximas semanas. As gestantes precisam redobrar os cuidados para terem menor risco de complicações, caso tenham contato com o vírus da
gripe. Ao se vacinar, a mãe está protegendo a si mesma e o seu bebê”, destaca a coordenadora de Imunização do município, Míryan Jordão.
Em Paranavaí, a expectativa é de vacinar pelo menos 22.092 pessoas dos grupos prioritários: 6.042 crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias),
952 gestantes, 156 mães em estado puerperal (até 45 dias após o parto), 2.449 trabalhadores da saúde, 11.112 idosos e 1.381 professores. Também fazem parte dos grupos prioritários as pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras
condições clínicas especiais (com indicação médica), policiais, bombeiros e membros das forças armadas.
AÇÃO ESPECIAL – Cinco salas de vacina que ficam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Paranavaí estarão abertas neste sábado, dia 25 de maio, para atendimento especial
aos grupos prioritários que são o público alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. As salas de vacina das UBSs Centro, Três Conjuntos, Chácara Jaraguá,
Zona Leste e Jardim Maringá estarão abertas das 8h às 16h para a aplicação da vacina contra a gripe.
Para ser imunizado é necessária a apresentação da carteira de vacina, documento de identificação pessoal com foto e, para as grávidas, a carteira de gestante. As pessoas com doenças crônicas devem apresentar ainda a prescrição médica especificando o
motivo da indicação da vacina (o CID de identificação da doença). Já os professores, policiais, bombeiros e membros das forças armadas devem apresentar um documento comprobatório de atividade nas funções.
Durante o período da Campanha, basta procurar uma das salas de vacina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, que funcionam de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 16h. 
As doses da vacina trivalente que protegem contra a gripe comum (tipo B) e duas gripes do tipo A (H1N1 e H3N2) são gratuitas. Mais informações podem ser obtidas na coordenação do setor de Imunização do município, pelo do telefone 3423-7084.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.