Local
REINALDO SILVA
O Paraná soma 17 casos positivos de influenza, sendo a maioria causada pelo vírus do tipo A (H1N1), que totaliza 11 confirmações. É a principal preocupação das autoridades, conforme afirmou a técnica em Epidemiologia da 14ª Regional de Saúde de Paranavaí, Samira Silva: “A tendência é aumentar o número de casos de influenza A, e tudo indica que o tipo H1N1 vai predominar”.
De acordo com Samira, “já estão aparecendo bastantes casos, e o inverno ainda não começou”. Por isso, “é importante fazer a vacinação o quanto antes”. A imunização ameniza os sintomas e reduz os riscos de morte por gripe. Em todo o estado, já são cinco óbitos: dois na Região Metropolitana de Curitiba, um na regional de Foz do Iguaçu, um em Paranavaí e outro na regional de Curitiba. 
A campanha de vacinação contra a doença teve início em 10 de abril. A primeira etapa, que se estendeu até o dia 18, foi exclusiva para crianças de seis meses a cinco anos de idade, mulheres que deram à luz há até 45 dias (puérperas) e gestantes. A segunda fase, aberta para todos os grupos prioritários, começou no dia 22 e a previsão é que seja concluída em 31 de maio.
As doses da vacina estão disponíveis nas unidades básicas de saúde gratuitamente. Destinam-se, também, a trabalhadores que atuam na área da saúde, professores, idosos, pacientes com doenças crônicas e profissionais das forças de segurança e de salvamento (policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.