Local
Ricardo Paiva 
A Desembargadora  Dra. Joeci Machado Camargo, esteve durante a manhã de ontem (13), na sede da Amunpar em Paranavaí, falando sobre o Programa Justiça no Bairro, que acontece em toda região Noroeste de 26 a 31 de agosto. “As prefeituras devem fazer o levantamento das suas demandas para que possamos atender toda a comunidade”, disse a Desembargadora. 
O Programa Justiça nos Bairros é desenvolvido através da parceria firmada entre o Poder Judiciário, Sistema Fecomercio Sesc/Senac e prefeituras. Na região Noroeste conta ainda com o apoio da Unipar. O programa, criado pela    Desembargadora Joeci Machado Camargo, já realizou em 15 anos mais de 3 milhões de atendimentos em todo o Estado.
Na região de Paranavaí serão ofertados serviços de orientação judicial nas áreas Cívil, entre elas; interdição/curatela, divórcio, alimentos, guarda, reconhecimento, averiguação de paternidade/maternidade, reconhecimento ou dissolução de união estável, restabelecimento de sociedade conjugal, tutela e alvarás, levantamento de valor pós mortem e retificação de registros públicos. A população também terá atendimento na área da Saúde. O único serviço que será cobrado é o de DNA para confirmação de paternidade, que custa R$220,00.   
A Desembargadora pediu para que os municípios da região da Amunpar (Associação dos Municípios do Noroeste Paranaense) mobilizem suas Secretarias de Educação e Assistência Social para levantarem a demanda que deve ser apresentada com antecedência. “Todas as crianças matriculadas na rede devem tirar seus RGs. Os municípios devem promover suas caravanas, é assim que irá funcionar”, disse.
O presidente da Amunpar, prefeito Freonizio Valente, salientou a importância da participação dos municípios no Programa Justiça no Bairro. “Fazendo esse trabalho de levantamento das pessoas que necessitam dos serviços disponibilizados pelo Programa, estamos promovendo a cidadania em nossas cidades”, disse o gestor.   
Também está marcado para o dia 31 de agosto um grande casamento coletivo, com casais de toda a região. A Desembargadora é a criadora da ação e já realizou milhares de casamentos coletivos por todo o Estado. A organização do evento, que fica sob a responsabilidade do Sesc/Paranavaí, salienta a importância dos participantes em levarem comprovantes de renda, já que alguns serviços somente serão disponibilizados para a população com renda máxima de até 3 salários mínimos por pessoa. Comprovante de residência e documentos pessoais também devem ser apresentados. 
A Desembargadora também irá despachar da Comarca de Paranavaí de 26 a 31 de agosto, atendendo somente serviços de interesse da comunidade. Durante esse período ela estará visitando as APAEs e entidades de Paranavaí e região.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.