Local
REINALDO SILVA
A Operação Corpus Christi da Polícia Rodoviária Estadual, nas estradas do Noroeste do Paraná, terminou com 22,22% de acidentes a mais do que no ano passado. 
Desde a tarde de quarta-feira (19) até o final da noite de domingo (23), foram 22 registros, com 21 vítimas. Em 2018, considerando o mesmo período, 18 ocorrências, com 15 pessoas feridas.
Comandante do posto da PRE de Tamboara, o subtenente Silvano Telles da Silva afirmou que, apesar do crescimento, não foram identificados ferimentos graves, da mesma forma como no feriado  prolongado do ano passado. Também não houve mortes nos dois períodos.
As estatísticas da PRE evidenciam uma elevação exponencial na quantidade de veículos retidos por causa de irregularidades. Se em 2018 foram quatro, neste ano a operação policial terminou com a retenção de 15. Alta de 275%.
Ao longo desse feriadão, as fiscalizações nas estradas estaduais da região foram responsáveis por 609 testes etilométricos (bafômetro), 792 imagens de radar, 321 autuações e um atropelamento.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.